quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Reciclar é preciso




Com tantas coisas que vamos adquirindo ao longo de nossas vidas, o peso que carregamos aumenta.
Vamos acumulando objetos, roupas, acessórios, potes...uma variedade de coisas sem fim.E nem sempre nos damos conta que assim como a vida se renova dia após dia, esse acúmulo pode e deve ser renovado sempre que possível.
Eu tenho adotado desde o ano passado uma premissa para compras.Se for roupa,calçado,acessório para casa...Sempre que eu for comprar algo novo devo doar,dar, passar a diante algo usado.
Ainda mais pra roupas que a gente adora comprar apenas por gostar do modelo,da cor,e nem sempre estamos 'precisando'. Como mulher sei bem como nosso cérebro maluco funciona...
Outra coisa bem bacana que desde que mudei pra casinha adotei, é a renovação e a reciclagem de tudo que pode ser útil ainda.
Os vidros de conservas são divididos, alguns eu deixo separados para usar na cozinha mesmo.Armazenando meus molhos naturais que eu mesma faço. Outros eu acabo transformado em porta treco de tudo que é tipo.
Uma reciclagem que meu paidrasto fez me chamou muito a atenção, pois transformou um antigo fogão em uma churrasqueira improvisada.Sim, isso mesmo,podem acreditar.
Na foto abaixo vocês vão ter uma noção, e acreditem ele já fez melhorias,quando eu for novamente na praia tiro outra foto atual para mostrar que sempre é possível inovar e melhorar até mesmo algo reciclado.

Eu já fui um fogão,agora sou churrasqueira!




Eis que uma churrasqueira improvisada surgiu, ele usou o forno para fazer o fogo e atualmente tem uma estrutura por cima segurando os espetos, de uma outra antiga churrasqueira de latão que se estragou.
Simples,útil e reciclada.Assim como eu gosto.
E garanto a todos que está sendo muito bem utilizada pois churrasco nos findes é que não falta!

Até breve!!

Abraço,
Fernanda





quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Contact faz milagre




Oiii pessoas!!!

Se tem uma coisa que eu sou viciada há mais tempo que todas as coisas envolvendo esse mundo artesanal é o papel contact. Meu primeiro contato foi há mais ou menos 16 ,18 anos atrás quando eu comecei a tomar gosto por livros.
Sempre fui de ler,mas eu queria 'ter' os livros,e não bastava mais pegar na biblioteca ou com alguma amiga.Eu queria ter o meu,a minha edição cheirando a papel novo.Essas coisas bobas que a gente não consegue explicar.
Mas claro que emprestava os mesmos,e ai surgiu a necessidade de ter uma proteção maior que a simples capa.Foi aí que o estalo veio e comecei a encapar meus livrinhos amados com contact transparente.O que na época era beeeeem caro.
Desde então fui evoluindo,mais ainda vendo os blogs queridos postando maravilhas com esse papel.Praticamente é mágico,porque consegue mudar significativamente qualquer coisa ou canto da casa que você resolver mexer.
Bem,aqui em casa tenho algumas coisas,outras já retirei.Uma delas é o que vou mostrar, na seção que eu mais amo: ANTES E DEPOIS.

Segue a fotinho da minha geladeira amada,que me foi dada há uns 8 anos atrás e já tinha bastante rodagem.Então simplesmente para dar uma alegrada coloquei uns adesivos comprados num lojão desses de R$ 1,99...


Eram adesivos desses bem simples e fininhos,que coloquei na parte de baixo pra disfarçar o início da ferrugem que começou a se instalar.Também a bonitinha já tem uns 20 anos para mais!!Guerreira!!

Dessas que são maravilhosas por dentro com muito espaço interno aproveitável.
Agora depois de horas e horas exaustivas,erros no corte de tamanho, e muitas tentativas depois...
Eis que surge uma nova capa pra minha amiga geladinha.






Tcharaaaannn!!!Aqui ela com a 'roupa' nova , o contact cinza fosco. Comprei 2m na Kalunga e acho que o valor foi bem em conta.
Claro que embaixo dei uma lixada onde estava enferrujando, com lixa pra metal.Não ficou perfeito,até porque algumas junções nas laterais foram mal calculadas.Mas o resultado final me deixou bastante contente.Deu a mudada que eu achava que precisava.

Enfim, mais uma pequena mudança que me deixou satisfeita até eu enjoar e fazer alguma outra coisa.
Heheheh...é assim que eu sou!!

Até mais.

Abraço,
Fernanda

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Hobby=Felicidade




Agora parece fácil, mas  lembro no primeiro parágrafo do primeiro post dias atrás...Tensão me dominava.Aí inspirada por outros blogueiros e com a necessidade de atualizações mais constantes resolvi ceder e deixar a vergonha pra trás.
Algo simples,assim como eu sou,como são minhas artes e como eu vejo o artesanato.Uma simples forma de expressar arte.Com pintura,com colagem,com costura,com reconstituição de algo...

Me aventurei por esses mares inicialmente sem a menor vocação ou jeito pois nunca tive a menor paciência para pregar um botão no meu uniforme,no tempo de escoteira.
Sim,eu fui e amo essa parte inteira da minha vida.Sei que sou uma pessoa melhor por ter sido uma.
Mas voltando, resolvi que esse meu hobby deveria ser exposto,já que muitas amigas queridas minhas ficavam pedindo,me incentivando...E dentro de mim eu nunca imaginaria ter essa coragem.
Aí meti minha cara nesse mundo virtual e estou pagando pra ver.Críticas podem vir,mas o que me importa é que o hobby me faz feliz.Sim,felicidade sincera sem cobrar nada em troca.
Claro que dentro da minha realidade, com minhas péssimas fotos de celular,porque sim,sou atrasada e não aprendi a mexer nesses editores de fotos, ainda...E a cada descoberta de que sou capaz de ir lá e fazer, me transforma numa pessoa melhor.Que acredita na simplicidade das coisas que nos motivam, das coisas que nos fazem sorrir e ter um dia melhor.
Então fica aqui meu pedido de paciência para os que me gostam, eu tenho muito a aprender para melhor expor tudo que faço; e aos que esperam grandes produções de capas de revistas...Não está no blog certo,embora eu possa chegar lá.Quem sabe?!
Mas não é meu foco.Minha meta é apenas continuar sendo eu mesma expondo as artes que eu curto e mostrar projetos futuros que podem render lindas mudanças no meu caloroso lar.Não tenho pretensão alguma de fazer nada em escala ou com segundas intenções.

Tenho comigo que mostrar a realidade ,com minhas próprias fotografias torna o blog mais aconchegante.Pode ser besteira mas é algo que eu gosto.Me serve e é isso.
Fica o convite para me acompanhar nessas aventuras do mundo do artesanato e quem sabe sentir nem que seja um pouco de vontade de encarar um projetinho faça você mesmo...

Estou aprendendo a programar os posts e mexer nas ferramentas,por isso se tiver algumas boas ideias pra me ajudar a melhorar,fique à vontade.E se os horários ainda não fecharem,sou eu tentando ajustar.

Sejam sempre bem vindos.

Abraços,
Fernanda



Misturando tudo




Oi galera do bem!!

Como já havia comentado em outra postagem, voltei para mostrar uma simples transformação em uma bandeja pequena de mdf que comprei num lojão da praia.

Essas peças são muito versáteis e por incrível que pareça,nessas lojas na praia compramos elas bem mais em conta que nas lojas especializadas da capital!
Tem gente que usa primer para pintar essas peças, e se você quiser um acabamento mais uniforme, pode investir.Vou ser honesta, como eu adoro tudo o mais simples possível e sem muitas firulas, prefiro pintar direto com tinta pva de artesanato,mesmo que tenha que dar mais demãos por isso.
Segue a foto das peças, comprei junto um caixotinho também,mas esse mostro depois.Ambas vem assim:






Então uma demão de tinta pva branca depois e a foto acima demonstra como fica,usando um pincel.Dá pra usar rolo também mas aí um bem pequeno para melhor manuseio.



Claro que não contente em apenas pintar,eu quis usar um guardanapo daqueles que comentei anteriormente, próprio para decoupagem.E aí fiz o encaixe da imagem para cobrir toda parte de dentro da bandejinha. Depois muita cola branca,aqueeeeela, sim.Esperei secar totalmente para dar outra demão de cola bem generosa,sempre cuidando muito para não estragar a folha delicada do guardanapo.

 


Eu tinha comprado umas corujinhas em mdf e pensei,ai porque não mais uma coisinha??Confesso que achei demais depois,mas na hora pareceu muito cute cute...hehehe.Colei as mesmas com minha cola 'pau para toda obra' da Pritt, uma transparente que cola diversas superfícies diferentes,dentre elas madeira leve.
 

Pra quem não acredita que a cola branca some,dá uma olhadinha como fica depois da segunda demão ter secado completamente na foto acima.

    Agora o antes e o depois do meu guarda utensílios na bancada da cozinha.



 









O antigo caixote amarelo vai pra outro lugar enquanto a nova bandejinha dá os ares organizando meus utensílios do dia a dia.

Uma pequena mudancinha mas que me deixou muito satisfeita.


Esta foi uma das minhas artes que misturou mdf, pintura, decoupagem, colagem...Por isso o nome do blog.Adoro misturar várias coisas e transformar com carinho algo em que me dê prazer de olhar e poder dizer que foi feito por mim.



Até a próxima!!

Aquele abraço,
Fernanda


domingo, 22 de fevereiro de 2015

Pendentes




Boa tarde gente!!

Domingo é um dia contraditório certamente,mas quando ele é sinônimo de folga,tempo de sobra e algum descanso...Ah, não tem como não curtir.
Por aqui terminei algumas artes para variar e outras ainda estão em andamento.Porque o bom é isso, sempre ter um projeto legal para executar e melhorar o ambiente que vivemos.
Quero mostrar pra vocês um pouco dos pendentes que tenho aqui em casa, que são variados e de diversas origens.



Esse aqui de coração foi o primeiro que fiz há algum tempo já,e esteve na vertical por algum tempo.Mas aí achei mais legal ficar deitado na horizontal dando uma animada nas plantinhas que ali moram.



Aqui está um muito diferente feito com fuxicos e pedrinhas que além de lindo é muito útil também.
Ganhei de aniversário de minha irmã e foi feito por uma artesã de mão cheia que admiro muito.
Ele segura perfeitamente minha cortina e até mesmo quando não está exercendo sua função ele tem poder decorativo incrível.





Adivinham do que é feito esse pendente??Dobraduras de papel!!Isso mesmo,a técnica japonesa do origami.E o mais incrível é que foi minha afilhada de 10 anos que fez!!Lindoooo não??!!!
Tinha visto algumas dobraduras dela em outras coisas e no quarto dela,claro que não resisti e pedi um pra mim.Minha afilhada amada me presentou então e me fez uma dinda muito feliz e mega orgulhosa!Já deixei na janela do quarto e agora está dependurada no meu cantinho de beleza no quarto.



Para finalizar o último e que eu fiz assim como o primeiro.Vi numa lojinha uns pendentes assim e eram  bem caros.Decidi pegar e eu mesma criar um. Imprimi a imagem do passarinho vintage e colei num pedaço de papelão bem duro,de caixa de sapato se não me engano.Aí do outro lado colei um papel de presente.Escrevi uma frase da Cecília Meireles "Liberdade para voar prum horizonte qualquer, Liberdade para pousar onde o coração quiser". Coloquei umas miçangas e pendurei na entrada da porta junto com meu porta chaves que eu produzi também do zero.


Ficou beeem comprido mas espero que tenham curtido pois tudo que exponho é com carinho e a melhor da intenção em ajudar vocês a se inspirarem e agirem.Tudo que fazemos para nossa casinha não tem preço,é único.

Bom resto de domingo gente!!

Abraços,
Fernanda


sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Caixotes pra que te quero!!?



Vou dizer uma coisa para vocês,se tem uma coisa que eu vivo cuidando e sou viciada são os danados e versáteis caixotes de feira!
Fiz meu marido levar dentro de ônibus  só para terem uma visão da minha doença,hehe.
Mas brincadeira à parte, o caixote de feira normalmente tem várias versões.Me foquei nos maiores e mais fechados possíveis.Aí fui medindo a altura do canto onde colocaria e mãos a obra.
Dei uma lixada com lixa 60 se não me engano,tirei todas farpas.Depois pintei todos de branco por dentro e por fora.Por fora foram duas demãos,o que confesso, poderiam ter sido três.
Aí quis colocar em prática uma ideia que tinha visto num dos muiiitos blogs que adoro,de encapá-los com papel de presente e/ou tecido.
Fiz uma composição meio colorida porque eu sou assim,adoro misturar tudo.
Vou postar as fotinhos sobreviventes, já que eu andei deletando muitas sem querer ( distraída master).



Este acima eu estava passando a segunda demão e tenho que avisar que como as madeiras são de diferentes lugares, nem todas ficaram parelhas.Como me enjoo fácil já penso em pintar por fora de outra cor.



Esses dois queridos eu encapei por dentro com este papel de presente que eu tinha comprado na Americanas daqui e sofria de amor extremo por eles.Aí claro que depois de colado eu passei umas três demãos de cola branca por cima,aquela de confiança mesmo.Com intervalos, para deixar secar bem entre uma demão e outra.
Isso ajuda a proteger bem o papel e caso você tenha verniz em spray,use.Ele também protege bem.



Pena não ter mais fotinhos pra mostrar,mas essa aqui acho que dá pra ter uma ideia.A cada par eu fiz de um papel diferente.E o terceiro de cima pra baixo é tecido.Reaproveitei de uma outra arte que tinha desmanchado.E não vou mentir,a posição dos caixotes já mudaram e coloquei dois virados na base para ficar melhor no tamanho. E no dia a dia é muito útil,pois ali que guardo as coisas da área de serviço como prendedores,sabão,produtos e ferramentas de jardinagem,acessórios dos meus bichos e comida dos meus pássaros resgatados.

Bem,eu considero um bom reaproveitamento,uma reciclagem do bem.Se você tem onde conseguir gratuitamente como foi o meu caso, vai ter um gasto bem pequeno na transformação.Recomendo limpar bem com pano úmido e deixar algumas horas no sol antes de começar a lixar.
E tem muitas e muitas ideias na internet que são lindas e todas muito inspiradoras, aproveitem e se inspirem!!

Aquele abraço,
Fernanda

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Descobrindo a decoupagem



Oi pessoas!!

Hoje quero contar para vocês uma das muitas artes que inventei de aprender,seguindo blogs bacanas e vendo vídeos na internet.
OOO facilidade que é aprender qualquer coisa nesses tempos modernos,é só querer!!
Não vou fazer um passo a passo pois não fiz essas decoupagens recentemente,e por isso só tenho as fotinhos da arte final.
Mas recomendo que assistam nos blogs e youtube antes de se arriscarem a praticar essa arte,pois ela exige no mínimo muita paciência.
Principalmente se você for colar uma imagem em guardanapo.Peraí achei que guardanapo era pra limpar a boca, você me diz....heheh...E vou concordar porque até conhecer essa técnica eu também nem fazia ideia de como existem figuras lindas feita em guardanapos.E eles podem ser colados em qualquer superfície praticamente,só basta ter cuidado e ser delicado ao colar o papel.
Existem inúmeras colas a serem usadas e eu recomendo a cola branca do pote azul,essa é infalível para colar papéis.Tem também colas especializadas e produtos para deixarem a imagem o mais bonita e protegida possível.Vale a pesquisa.
Eu indico tentar sempre,afinal dá um prazer danado dizer pra alguém: "eu que fiz".
Minha dica é sempre arriscar e tornar seu lar mais a sua cara com seu gosto,e não o que aparece em revistas e na internet.O lance é criar algo seu,sua assinatura,é assim que me inspiro.
Segue as fotinhos dos quadrinhos que já tenho em casa.Em breve terá um  post onde vou mostrar minha nova bandeja com o passo a passo,ok??


Esses quadrinhos eu fiz em mdf que comprei cru e pintei a parte da frente de tinta pva branca e nas laterais preto fosco.Escolhi guardanapos com referências a comida e cozinha,e confesso que mesmo tendo ficado com pequenas imperfeições eu adoro.Me inspiram totalmente!


Esse outro eu tinha a antiga tábua de madeira que usava para cortar carnes guardada.Aí vi essas imagens e na hora sabia que iria reaproveitar a tábua para se transformar em um quadro.
Peguei e usei a parte de trás da tábua  e pintei de tinta branca pva para artesanato e só depois que secou bem colei os guardanapos.Depois para finalizar eu passei cola por cima.Sempre a branca do tubo azul.Tenho um carinho especial por esse,me deixou mais segura da arte e tomei gosto pela coisa toda.Pra quem me conhece,testo a paciência em grau mil fazendo a colagem.


                                   

Essa foto de outro ângulo para vocês terem ideia do tamanho da tábua.Do lado é um nicho que tenho com coisinhas nossas e livros.

E aí, não deu vontade de colocar a mão na massa??De coração espero que sim,pois é essa minha intenção sempre que escrevo aqui.Além de expor as artes que gosto fazer as pessoas sentirem como é bom fazer algo do nada e transformar em algo especial e exclusivo.Só você vai ter.

Por agora era essa minha dica, até mais povo!

Abraços,
Fernanda


quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Costurices




E aí pessoal,todo mundo de volta à programação normal?
Por aqui sim,com a corda toda ,depois de um baita feriado onde consegui colocar muitos projetos em andamento.
Claro que como sou muito ansiosa,fui começando um aqui,outro acolá e apenas uns dois terminei do início ao fim sem deixar para finalizar nada depois.
Uma das coisas que estava em mente era renovar minhas almofadas.Eu enjoo muito facilmente de composições e o pior: não sei fazer capas.Já tentei e não ficaram boas,nem com velcro nem em formato de fronha.Ficaram péssimas e desisti desses tipos.
A solução é fazer do zero e costurar na mão, sim,eu sei que dá trabalho.Mas para mim é uma terapia.
Sem paciência que sou ,nem acredito que para essas artes eu consigo dedicar muito tempo e nem sinto passar.
Bom, vou mostrar o passo a passo se você que nunca colocou uma linha na agulha entenda.


 Vai dizer que esse tecido não é lindo?? Medi e decidi fazer uma de cada tamanho para dar um charme.Aí cortei.Uma é centímetros maior que a outra.


Aqui segue as duas capas costuradas em três lados cada deixando um aberto para colocação do enchimento.Costuro sempre por dentro para que a costura fique certinha no lado de fora e os pontos fiquem do avesso.Não sou a típica costureira por isso não sei se tem nome os pontos,por isso me perdoem.




 
Aqui do lado já está o enchimento de manta acrílica que compro em tamanho grande pois sempre tenho algo para fazer e rende bastante.
Não economize no enchimento das almofadas.






Aqui estava preenchendo o interior com a manta para depois costurar e fechar as capas.Na finalização eu tento costurar com os tecidos para dentro para ficar com acabamento bem bonito.






Aqui já finalizadas em cima do sofá.Tirei de pertinho sem flash para terem a real noção da cor do tecido.
Estou apaixonada pelas novas 'filhotas' e super animada por ter uma composição bem moderna e mais atemporal que as primeiras que fiz.



Pode se animar e colocar a mão na massa,são apenas almofadas mas já renovam o ambiente e deixam a impressão que tem novidade em todo cômodo.Acredite, vale a pena se aventurar nesse mundo da costura.Ainda vou aprender a usar máquina,me aguardem.

Vamos que vamos que o ano recém tá começando não é??Hehehe...Seguimos com nossa programação diária.

Abraços,
Fernanda

sábado, 14 de fevereiro de 2015

Dicas utilizadas



Olala ooooo,oooo,oooo...
Em ritmo de carnaval sim,mas sem nenhum assunto ligado à esse feriado,já que honestamente até quem gosta deve estar cansado.Onde tu olha tem uma notícia, uma nota, uma foto...em todas as mídias.
Então esse ano por mais que eu goste de ver o desfile das escolas na tv, vou pular aqui no blog o assunto...
Fiquei envolvida com limpeza e organização da casinha e no fim o passo a passo ficou para outro dia deste feriado.Mas ele vem,podem acreditar!!
Para não ficar em branco,mesmo que 99% das amigas e amigos estejam 'off' neste feriadão,vou contar sobre as dicas que eu leio e coloco em prática.
Em casa só faço o que eu acho que combina comigo e com o maridão,e olha que são muitas as coisas legais que resolvo copiar e ajustar pro nosso gosto.
Uma das coisas que eu curti muito é colocar uma prateleira numa altura boa no banheiro.Aqui em casa não tem essa de banheiro de serviço ou lavabo e banheiro principal ou de suíte.
Nosso humilde lar possui um banheiro único para tudo e procuro deixar ele um pouco menos sem graça.


Essa visão é de trás da porta, sim, o vaso fica atrás e se a porta está aberta não dá pra usar...Coisas que não tem explicação, mas como gostamos muito da porta de madeira, vai ficando como está.
Esses ladrilhos são de tecido auto colante que comprei há algum tempo e ele é preto,cinza e branco.
Achei que faltava um toque,então além da prateleira escolhi uns porta retratos e pintei para colocar impressões relacionadas a praia,férias...só alegrias! 
A prateleira foi uma super dica que vários blogs queridos que eu sigo e acompanho, indicaram para banheiros pequenos e foi muito bem usado aqui em casa.Ainda quero fazer uma caixa bem legal para colocar toalhas de rosto ali.Mas por agora guarda coisas do banheiro ,um aromatizador de ambientes e um vidro que fiz com umas conchinhas.





Para entender a cor escolhida para estes porta retratos comprados com outras cores, me inspirei na cortina do box.Isso mesmo,não tenho ainda um de vidro, e até confesso que gosto de escolher ano a ano uma cortina nova.Assim fiz uma composição com verde e azul e dei ares mais divertidos a um lugar tão monótono normalmente.
E por hoje é isso, tenho mais muitas dicas que usei aqui em casa e as que ainda vou colocar em prática por isso fique à vontade para voltar sempre.

Aquele abraço,
Fernanda


sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

Faça você mesmo mas com paciência!





Oi gente!!

Tudo bem por aí??Espero que todo mundo esteja se preparando para curtir muito o feriadão que se aproxima.Não importa se vai pular carnaval na rua, num bloco, na praia ou se jogar na rede em casa mesmo, desejo que vocês curtam o tempo disponível da melhor maneira possível.
Quem tem projetos, consertos, arrumações em mente, que consiga colocar a mão na massa com o coração por inspiração.

Mas voltando ao assunto de hoje que nem comecei,hehehe...Nas férias eu e meu marido (grande incentivador sempre) resolvemos pintar o quarto do meu enteado. Essa coisa de pintar já não era novidade para nós mas eis que resolvi dar uma mudada no nosso quarto de casal e pintar uma parede também.
Para que vocês entendam,eu tenho uma necessidade meio chata de mudar as coisas.Não me contento com determinada cor, móvel,posição de móvel por muito tempo...Me cansa os olhos. De verdade,então aproveitando que estávamos com tudo organizado partimos para ação.
Segue duas fotos de antes para terem noção de como já foi minha cabeceira nesses 3 aninhos no nosso doce lar.

Com todo quarto já pintado desse verde limão alguma coisa,coloquei essas almofadas que encomendei de uma querida muito prendada para deixar mais confortável e agradável se recostar na cama.Porém o inverno veio, suor, umidade e eis que elas mofaram! Sim,tive que retirá-las dali.
Mas ficar sem nada não era opção para minha teimosia em deixar tudo um pouco mais bonito e achei ideias excelentes no mundo dos blogs .Pimba! Vou fazer a minha versão em contact!


Desenhei direto no contact mais ou menos o que eu achava que seria aquelas cabeceiras antigas de ferro.Pena que não fotografei mais de perto,pois o contact era o branco com arabescos e as texturas deixaram tudo tão supimpa que fiquei contente.Por um ano mais ou menos...
Aí para pintar,não lembrei de dica alguma,decidi apenas retirar o contact com a mão...O resultado:


Aí ficou desse jeito da foto acima , ainda bem que íamos pintar.Lixei a parede onde estava o adesivo e depois limpei.Não precisei corrigir com massa corrida pois o contact só arrancou a tinta mesmo,ufa!Tudo lisinho,pintamos por cima com a  nova cor apenas na parede da cabeceira.



Devido a variações de luz na hora das fotos ficou com a cor comprometida,mas é um bege com nome bem complicado.Algo próximo da tal palha.As fotos acima mostram o contraste na quina a cor com o verde já existente.
Não vou mentir que na primeira demão fiquei apreensiva pois o tom é muito mais claro que o verde.Mas aí nada que 03 demãos não resolvessem.
Dicas quentes para quem tem paciência para pintura interna, limpar sempre para tirar o pó da parede, rodapés e roda forros quando existentes.Colocar fita crepe protegendo a área que não vai ser pintada e não deixar a fita por muito tempo, deu tempo de secagem já retire.
Foi só uma parede, mas já deu uma animada no nosso quartinho e me inspirou a mudar mais coisas.
Assim fica bom,sempre terei assunto para expor aqui,hehehe..

Se tudo der certo,amanhã volto com passo a passo.

Um abraço,
Fernanda

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

Reciclagem




Oi gente!!!

Muito se fala que tudo que entra na onda da 'moda' é feito em carreira por todos os blogs e pessoas para parecermos politicamente corretos.Particularmente eu acho que coisas boas não deveriam, nem precisariam ser rotuladas como modinha,elas só vem a agregar na vida de todo mundo de quem a aceita.
Tudo isso é pra dizer que eu nem me lembro desde quando na minha casa meus pais separavam o lixo reciclável para entregar onde existia coleta.Infelizmente era bem raro aqui na minha amada Porto Alegre.
Hoje,graças a mentalidade do governo ter se aberto a essa realidade,acredito que por volta  dos anos 2000 criaram  postos de coleta desse material reciclável e também caminhões especializados para recolhimento deste lixo considerado "seco".
Eu sou super a favor e desde que me casei adotei a ideia de separar e despachar de maneira correta o lixo de minha casa.
Aí comprei meu imóvel, há uns 3 anos atrás mais ou menos,sendo que   muitas coisas precisavam ser compradas,e com isso consequentemente o nível de lixo acabava sendo preocupante.
Eu sou daquelas que odeio ver uma quantidade maior que 02 sacolas por coleta, fico me achando péssima e honestamente me preocupo.
Tentando amenizar esse problema geral de nível mundial eu tentei reutilizar muitas coisas,não apenas pallets.
Entrando nessa 'vibe', eu tive uma ideia bem comum mas que no dia eu achei incrível e fiquei faceira demais em ver ela em uso. Havia comprado mudinhas de plantinhas e flores pro meu pátio e elas vieram em caixinhas pequenas de madeira,ripa,acredito.
Então pedi pro marido comprar mão francesa e dei um toque nas pobrezinhas que viraram ótimas prateleiras para as plantinhas que eu tinha no momento.Além delas usei algumas pets de refrigerante como vaso.Tenho algumas dessas pets encapadas com tecido e contact transparente por cima até hoje,hehehe.Mesmo ficando na área externa dos fundos,pegando sol e chuva, o resultado me agradou e meu pensamento ficou mais leve.

Passei umas demãos de tinta para artesanato mesmo e marido instalou as mãos francesas com a furadeira. "Voilá" , plantinhas com prateleiras reutilizadas de forma consciente.Claro que por já ter feito o pallet ficou super fácil criar essas amiguinhas aí, mas a graça está nisso, descobrir uma utilidade e não apenas reaproveitar o material que iria para o lixo.
Fico devendo foto de mais pertinho,mas como já disse, vou me aperfeiçoar na ideia de fotografar para expor no blog e não apenas guardar pra mim.

Até amanhã.

Um abraço,
Fernanda


quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Inspiração pronta






Oi pessoal!

Nessa nova jornada que estou iniciando com o blog, aos poucos vou definindo os temas e colocando no ar minhas experiências, projetos e também inspirações alheias.
Normalmente vou explorar mais o universo do artesanato e decoração que eu tanto gosto. Mas podemos ver por aqui também algumas novidades do mundo em geral.
Caso queiram escolher algum assunto que gostariam que eu explorasse por aqui,ligado ao nosso tão amado lar, podem pedir nos comentários ou por e-mail que eu farei o possível para abordar da melhor forma possível.
Hoje quero trazer a ideia : o que nos inspira? O que faz o nosso sorriso crescer no dia a dia?O que nos motiva a começar uma jornada?O que enche os olhos e espalha no coração?
Comigo funciona de forma aleatória e por isso o nome eclético do blog, pois eu sempre consigo gostar de várias coisas diferentes ao mesmo tempo.
Então para ilustrar o hoje, quero deixar uma imagem que eu considero inspiradora e me fez parar para fotografar no meio dia "caliente" que estava , me enchendo de vontade de sair por ai pintando,colorindo, dando um toque meu em tudo que eu vejo na vida...
Espero que você também se sinta inspirado e faça bom uso dessa inspiração.


Essa escada fica na área central em Porto Alegre,onde moro, e foi feita com a melhor variação possível com essas cores e imagens que fazem a gente parar para ler,pensar e tentar sentir a energia boa em cada detalhe combinado de todos os muitos degraus acima.

Essa semana colocarei todas postagens que eu já fiz,pretendendo ser pontual em todos os dias da semana.Deixarei um passo a passo pro final de semana que tem mais tempo para ser executado e melhor fotografado.

Um abraço,
Fernanda

terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Antes e Depois



 A Metamorfose dos Objetos


Oi gente!!

Vou confessar :  o que mais me atrai e me faz delirar são as transformações de simples objetos, móveis, paredes, em algo totalmente único,exclusivo.
Minha maior paixão desse mundo das artes é ver que as vezes pequenas mudanças fazem com que tudo ganhe ares mais leves,mais alegres até.
Claro que nem sempre o gosto de um vai ser o de todos,mas mesmo assim vale colocar na peça, no lugar que vamos mudar, o coração. Seguindo nosso instinto vai ser muito difícil errar.
Nem sempre vai ficar como imaginamos porque sabemos que nosso 'cabeção' voa, e na prática alguns detalhes nem sempre conseguem expressar bem direitinho o que sentimos.
Mas uma coisa eu digo: aposte. Vá em frente e arrisque.
Abaixo vou mostrar algumas coisas que transformei e me fizeram tomar gosto em colocar a mão na massa:


     Essa cadeira comprei de um artista na cidade baixa que apenas deu uma boa lixada e passou um tipo de tinta dourada em alguns pontos e colocou pra vender.Eu vi potencial e as mãos começaram a coçar com a vontade de ver uma cor forte nela.Algo que alegrasse a vida dessa velha e boa cadeira.

Eis que depois de duas demãos de tinta para artesanato fosca rosa pink e alguma paciência envolvida, a cadeira ganhou uma dose bem chamativa de cor.Ela deu uma quebrada nos tons básicos dos móveis que tenho na sala e ao mesmo tempo alegrou o ambiente.Simples assim.

Logo que me mudei pra casa nova, estava num caso de amor por pallets que tudo eu enxergava algo para transformar.Esse foi o meu primeiro filhote. Lixei bastante as partes ásperas,cobri com massa os buracos de antigos pregos e pintei de branco.Achei que precisava de uma cor,e coloquei um papel contact...

Como o pallet fica num ambiente externo pegando chuva e sol o tempo todo,o contact desbotou e ficou feio.Retirei e pintei mais uma demão de branco.Aí para não ficar muito sem sal resolvi transformar os vasinhos das suculentas com pedaços de contact e tecido.Além de fazer um tipo de móbile às avessas com corações de tecidos e miçangas. O móbile de borboletas ganhei de uma querida amiga e acho que fechou bem com todo resto.

Peço desculpas pela qualidade das fotos, mas eu nunca imaginava que iria querer expor num blog.Daqui pra frente vou tomar mais cuidado na hora de fotografar . 
Me despeço hoje deixando um recado: o artesanato é meu hobby, meu escape, meu momento de relaxamento total e por isso não me importo com nenhum tipo de retorno, se rolar alguma inspiração alheia...tá valendo!


Um abraço,
Fernanda



                                                            


Uma parede e seus quadrinhos

Oi gente amiga! Lembram que fiz parte do DIY COLETIVO passado e me inspirei a mudar meu cantinho de artes??A partir disso me deu von...