terça-feira, 29 de setembro de 2015

Autoestima? Trabalhamos...



Oiiiessss!!

Como podem perceber a pessoa gosta de um papo né...E quando não trago nenhum passo a passo ou cantinho da minha casinha, trago minhas histórias e opiniões para dividir com vocês.
Espero que me tolerem e até dialoguem também.
De uns tempos pra cá tenho seguido algumas páginas nas redes sociais sobre gordofobia e feminismo.Até porque começo a entender os preconceitos de forma mais ampla,porque sentir na pele já sinto quase a vida toda,afinal sou totalmente fora dos padrões da sociedade,acima do peso.Gorda.
Isso muitas vezes desencadeia uma série de eventos dentro da gente que desperta pensamentos negativos,visões deturpadas de nós mesmos.Afinal esses padrões existem há séculos não é mesmo?!
 Se aceitar é o passo principal para muitos problemas que nós criamos.
Não dá pra ser feliz sem sentir amor próprio.É papo clichê, mas é a real.
Eu mesma fiquei muito tempo presa me sentindo inferior em vários sentidos a quase todas as pessoas ao meu redor.A fulana é mais inteligente, é mais bonita, é mais legal,é mais bem sucedida...Sou inferior e não saía do ciclo vicioso.
Isso foi me consumindo demais, até que parei e decidi que precisava abrir os olhos e me enxergar direito.Não era possível todos a minha volta enxergassem uma Fernanda que eu não conhecia.Mas um dia consegui ver e percebi que tinha a tal autoestima.Me aceitar fora dos padrões ainda é batalha diária, mas pelo menos não me frustro mais.Foi duro,foi.Ainda é de certa forma mas com menor intensidade, com outro foco.Mudei minhas perspectivas.Como?
Não fico mais nervosa procurando uma roupa que sirva, não me culpo por ter comido um pão ou massa a noite, não me discrimino porque tenho que comprar  em lojas plus size.Parece bem simples,mas chegar até aqui custou bocado de encaradas no espelhos e repreensões internas difíceis.
Por que o que a gente faz nunca é tão legal, quanto ao que a outra pessoa fez??Não dá pra deixar esses pensamentos nos dominarem.Não temos que ser iguais a ninguém.Todos podemos e devemos ser diferentes, e mesmo assim convivermos em sociedade.Mas porque esse peso nos persegue?
O meu exercício é diário e procuro enxergar um lado bom, positivo em tudo que faço, para que o oposto não ganhe terreno e eu perca o que já conquistei até aqui.
Não sou boa com metas, prefiro trabalhar com o que é palpável, (será por isso que acabei no financeiro?) por isso quero consertar todos conceitos que eu carrego e considero ruins.
Pretendo abrir os olhos mais e mais para enxergar a beleza de ser quem eu sou sem precisar dar nenhum tipo de desculpa ou explicação.Aí sim poderei dizer que minha auto estima está bem,obrigada.Está onde deveria estar e tudo se encaixa.
Prazer, essa sou eu em constante construção.
Ser melhor deveria ser a nossa única meta de vida,sempre.Olhar pra nós mesmos, analisarmos nosso ponto de vista, o que sentimos a respeito e aí melhorar o que puder.O impossível não é palpável para os que acreditam,não é mesmo??
Se não acreditarmos em nós , quem vai??
Um degrau atingido, vamos aos próximos!!!E assim por diante.



Abraços amáveis,
Fernanda


segunda-feira, 21 de setembro de 2015

E quando não dá certo??




Oii pessoas!!

Tenho dedicado uma parte do meu final de semana para colocar a mão na massa em casa, em projetos que tenho rabiscados e ideias que vi na blogosfera e acreditei que seriam legal executar.
Porém de uns tempos pra cá me peguei meio descontente.
Esse blog só existe porque eu ficava todo santo dia contando com os posts novos de blogs que eu considero incríveis.E aí quando não tinha nada novo por algum tempo,murchava.Afinal é dali que eu me alimentava.Agora que estou também do outro lado sei como leva tempo, dedicação e vontade de trazer conteúdos interessantes pra cá.Ainda mais sendo um blog totalmente autoral.

Como me deparei com mais um projeto que me deixou insatisfeita pensei em dividir com vocês esse lado também, quando não dá certo.
Um tempo atrás vi projetos simples com latas de sardinha e atum que me encantaram.Aí usei de porta vela no meu niver de boteco, que mostrei aqui no blog Meu niver de boteco . Desde então fiquei matutando pra transformá-las um pouco melhor,cheguei a repintar duas vezes!!! E nada, não gostei.
Deixei de lado.
Como se não bastasse isso, também executei mais dois projetos que eu imaginei que ficariam muito legais. Pra meu desapontamento, um não ficou nem perto do que idealizei e o outro está tipo, num limbo. Porque não consigo visualizar utilidade pro dito cujo.
Fico me perguntando, adianta eu transformar se não consigo encontrar nova utilidade? Apenas pra ficar mais bonito não me satisfaz.Não é meu propósito.
Não sei se acontece ou aconteceu com vocês isso também, mas se sim, sentiram esse desânimo?
Nesses momentos penso que a criatividade me abandonou e parece não querer retornar. 
Mas não me darei por vencida, um deles já retomarei, com nova roupagem digamos, aí sim vai ficar legal. Enquanto isso não acontece, vou viajar pelos blogs alheios e ver se encontro um pingo de inspiração que seja pra retomar o que não curti com a roupagem atual.
Por falar nisso , to amando as minhas garrafinhas, apaga o giz com a chuva mas elas continuam lindas servindo de vasinhos pra flores do meu jardim.Esse preto fosco me ganhou!!Orquídeas e dália ao meio.


Espero que a semana traga muitas coisas boas em formas variadas e cores espetaculares a todos aí!

Abraços,
Fernanda

terça-feira, 15 de setembro de 2015

Quadrinhos e mais quadrinhos




Oi gente , como estão???

Hoje teremos uma linda exposição, digna de galeria de arte!!
Duvidaram??Ah mas se fui eu quem fiz os quadros tenho que dar valor né,hehehehe...
Bom, faz um tempinho que venho colorindo as paredes lá de casa e a maior culpada disso é essa bendita blogosfera que me inspira a cada post com cores e desenhos.Quadros de tudo que é jeito!
Então eu como boa metida a artesã, resolvi criar minha galeria com diversos elementos.Vamos ver?

O primeiro a aparecer por aqui iria para edição de um post anterior sobre uma certa novela...Porque teve tanto drama,desistências,alterações e como ficou completamente diferente achei melhor dar uma nova chance pro coitado. Eis que surge no meu quarto a versão reciclável nível médio.Não achei fácil fazer as flores de papel higiênico não, muito detalhe e regrinha.






Reconheceram o danado??Tirei o tecido vermelho de fundo, coloquei um papel de presente que eu achei divino e ainda colei umas folhas secas que tinha ganho da sogra.Aí achei que ia combinar na parede lateral do quarto.Está fazendo companhia pra uma imagem que peguei na net e é linda. (Se souberem os créditos, podem avisar que coloco aqui) 



Visão da entrada do meu quarto, como ficaram os quadrinhos bem ao lado da janela.
Agora vamos pro segundo quadro que é em mdf, pintei e colei um tecido que tem tudo a ver onde ele vai morar.












A casinha com tecido de cup cakes no seu devido lugar, na cozinha, sendo útil e sendo porta trecos em vez de porta chaves.Não considerem meu paninho de prato todo errado, não sou boa em detalhes pras fotos!




Reaproveitando novamente a tábua que ja existia encapadinha, fiz um bolso com o mesmo tecido de pimentas e preguei atrás para poder receber utensílios pesados.Na foto meu amassador de batata e o abridor de latas moderninho que marido comprou.




Paredinha devidamente enfeitada com quadrinhos alegres e temáticos,heheh...Uma parte da reformulação está feita.Uma parede a menos pra me preocupar! 




Esse quadro eu já tinha em verde, então retirei as letras com cola em relevo , lixei bastante e resolvi pintar de cinza.Como não tinha a tinta, misturei o preto e o branco , tcharan! Resolvido.Duas demãos depois, resolvi usar minhas lantejoulas espelhadas pra escrever e o resultado ficou meio infantil....
Era pra ter um coração e uma casinha, mas como faço a mão livre nem sempre fica perfeitinho.
Esse ficou na área da entrada da casa, entre a janela do quarto do meu enteado e a porta principal.



Esse é o último quadrinho e vou confessar, o meu favorito no momento.Não sei se foi a combinação, só sei que achei que o conjunto todo ficou um amor.Era uma tábua de madeira antiga que ganhei pensando em reutilizar.Colei um tecido amarelo poá,  num bolsinho jeans colei uma flor de feltro, reaproveitei um coração de tecido e um bolso de calça que é todo trabalhado em mini lantejoulas douradas.Minha cara,fala, vai!! O lugar dele é pra ser na área da rua nos fundos pra colocar minhas pazinhas de mexer no jardim.Mas gostei tanto que estou repensando o local e por isso não pendurei ainda.
Espero que tenham curtido a maratona de quadrinhos que produzi no finde e me deixaram mais satisfeita ainda com as paredes lá da minha casinha.Fiquem bem à vontade pra votar no preferido de vocês  e darem dicas, vou adorar.
Até a próxima arte!!

             Abraços variados,
              Fernanda


quarta-feira, 9 de setembro de 2015

Cantinho do momento



Oii pessoas iluminadas e amadas!!!

Não deixei nada pronto no feriado porque estive fora mas em breve trarei mais novidades em projetos bem legais pra dividir com vocês.
Estou anotando dicas dos blogs amigos para reformular minha cozinha e meu banheiro.Lugares que normalmente eu nem pensaria em 'embelezar' mas desde que tomei gosto pelo mundo da cultura mão na massa, como mudei.E graças pra melhor!
Nesse sentido visando sempre em economizar, nada de grandes reformas por enquanto, mas algumas mudanças que vem pra deixar o ambiente mais aconchegante, bonito e por que não ,iluminado???
Eu queria ter uma base, ter um gosto específico e não variar tanto, mas é algo que vem em mim desde nova quando adorava trocar meu quarto inteiro a cada faxina.Minha mãe chegava e pum, tava tudo diferente e até os móveis eu trocava,tirando o roupeiro.Ela me dizia, guria vai machucar a coluna!!
Mas pensa que eu ouvia??Hoje com uma bursite na perna esquerda lembro desses conselhos...Ah deveria ter ouvido minha mãe...hehehe.
Bom, entrando na vibração boa de mãe, de mudanças de ares,alterações de lugares e tudo mais, quero mostrar o cantinho da casa que ultimamente eu tenho amado.
Vou colocar um antes e depois só pra variar um pouco ao contrário, como está agora meu espaço favorito do momento, e como estava recentemente...






Meu barzinho amado com o relógio em formato de roda que ganhamos da sogrinha, e a placa da kombi que comprei meses atrás. "Todo mundo precisa de amor e uma praia".
Concordo em gênero,número e grau com a frase do quadrinho.Na minha bandeja tem as bebidas e uma garrafa que eu reciclei com o Homer Simpson que adoramos.


O antes estava assim, somente com o relógio e nessa foto dá pra ver melhor a garrafa que fiz e a lata linda da cerveja FAXE , a mesma que utilizei para luminária no corredor.Essa era uma edição comemorativa, remete aos vikings. 

Este é o meu cantinho do momento, sempre em mutação ao que diz respeito as bebidas mas que por agora ficará com esses destaques nessa minha parede cinza que é quase lilás.
Espero que tenham gostado!!
Volto assim que terminar umas coisinhas,prometo.

Abraços de cantinho,
Fernanda

sexta-feira, 4 de setembro de 2015

Adoçando a vida




Oi gente amiga,tudo bem??

Aqui desse lado tudo discorrendo muito bem, na medida do possível.Todo reinício de mês eu tenho mais trabalho que o normal e acabo cansando mentalmente mais que o normal.
Mas faz parte e quando estamos terminando a primeira semana mais ou menos a rotina volta ao normal e a cabeça também.Aí posso ter um pouco mais de dedicação com esse bloguinho que me enche de alegria.
E nada melhor do que espalhar essa alegria aleatoriamente por aí, com ideias, imagens e projetos simples e fáceis de entender , reproduzir  e apreciar.
Nesse clima bem animado trago uma receitinha leve, doce e que enche os olhos com certeza.
Como meu maridinho é uma formiga gigante e eu até como doce mas não sou a louca como ele, resolvi fazer uma receitinha bem facinha.
 Vamos aos ingredientes para o docinho que não tem nome, mas podemos chamar de doçura tripla!

  • 01 pacote de gelatina, de sua preferência;
  • Pão de ló novinho ;
  • 01 leite condensado 300g
  • taças ou copos transparentes para servir o doce...
Para gelatina o preparo é simples, só seguir as instruções,eu usei aproximadamente 200 ml de água quente e 150ml de água fria e fiz de morango.Além de colorida tem uma cor linda!
Coloque pra firmar já nos devidos potes transparentes escolhidos.Minhas taças eram grandes e coube para essa medida 05 apenas.






Deixe na geladeira até endurecer, eu deixei uma manhã inteira, por volta de 04 horas.
Depois fiz o pão de ló, e confesso que usei um que vem pronto em saquinho da Orquídea onde adicionei apenas os ovos indicados no pacote, 05 ovos médios a grandes. Bati conforme as instruções na batedeira, 1 min em velocidade mínima e depois 5 min em velocidade alta.
Ficou bem macia e foi ao forno por 40 minutos, em 200º C.
Quando esfriou eu usei um copo para o formato redondo que eu queria encaixar em cima da gelatina.


Já temos duas camadinhas,falta a última que também é bem facinha de fazer. Fiz branquinho de panela com o leite condensado, usei um pouco de margarina e não deixei que ficasse duro a ponto de enrolar. Deixei levemente molenga, aí você pode soltar a imaginação e colocar o creme ou complemento que gostar. 





Se fosse brigadeiro de chocolate ou um outro creme colorido teria um efeito visual muito mais bonito, mas como eu não sou muito fã, preferi o branquinho tradicional que é uma delícia.




Eis que o resultado é esse, três camadas que quando saboreadas em conjunto ficam com um gosto divino!! O azedinho da gelatina misturado com a fofura do pão de ló e o doce macio do branquinho...
Posso dizer que eu adorei mesmo não sendo muito de doces.
Falta só contar que me inspirei num programa de culinário australiano mas que, claro, contava com ingredientes bem diferentes destes aqui.Como adoro essas coisas diferentes, resolvi inventar e valeu a pena.E você aí vai testar, aperfeiçoar e provar???
Conta aí!!

Doces Abraços,
Fernanda

Uma parede e seus quadrinhos

Oi gente amiga! Lembram que fiz parte do DIY COLETIVO passado e me inspirei a mudar meu cantinho de artes??A partir disso me deu von...