segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Tchauzinho 2015




Então aqui estamos na finaleira do ano de 2015 pensando em tudo que já fizemos,realizamos e o que ainda está por vir.Muitos desejos de melhorar aqui e ali, de ser uma pessoa melhor.De ter mais ânimo, tempo, coragem de mudar e tantos anseios mais .
Estou muito feliz com o rumo que as coisas estão levando, e mais ainda, com a criação deste espaço onde posso compartilhar e postar o que faço pra minha casa ficar mais linda.Mais aconchegante.
Esse ano mostrei muitas artes e mudancinhas que realizei com todo prazer do mundo,acreditem.
Agora chega a hora de fazer um balanço, e vou relembrar aqui as mudanças que mais gostei.Vamos juntos??

Minha aventura ao colar nos azulejos os adesivos comprados na HC STORE de tema mexicano, eu amei.Foi demoradinho mas mesmo com todas imperfeições eu lembro como hoje a empolgação e a felicidade de postar aqui o resultado.Deu um up total.
 

Meu aniversário transformado em um boteco,com tudo, absolutamente tudo feito em casa e decorado com coisas que eu já tinha em casa.Pouquíssimos descartáveis foram comprados.Deu trabalho, deu. Não vou mentir, pensei que ia ser um desastre mas o que consegui foi uma delícia, reuni amigos e família pra curtir e pra mim foi um sucesso total.Amei as fotos que postei aqui.


Parece simples, mas a ideia de transformar uma caixinha que tinha tampa em um nicho pro meu santinho que cuida dos meus filhos peludos me deixou no céu, sem trocadilho.Vai dizer que não ficou um amor??Ganhou meu coração e minha parede da sala.
 

E o que dizer da repaginada da minha área de serviço onde troquei tudo de lugar,fiz uma triagem, e organizei tudo pra ter um cantinho pro micro-ondas?? Inverti os caixotes que já tinha, reorganizei em caixas tudo que se usa na área e jardim, e ainda por cima fiz uma parede mais feliz com um contact lindo que imita os famosos azulejos antigos.Ficou tão bom e funcional ao mesmo tempo!!Fiquei muito satisfeita.


Meu tão sonhado e planejado cantinho pra costurar virou realidade e mostrei aqui.Já mudei um tanto desde a foto,pois além de inspiração preciso de  praticidade pra conseguir praticar a arte de costurar.
Até agora indo bem que nem bebê,um passinho de cada vez. Essa realização com certeza ganhou muito espaço no meu coração este ano.


E pra terminar o ano com chave de ouro, de verdade, dei uma repaginada na cozinha de casa que precisava de um olhar mais carinhoso. Os armários e a pia são bem velhinhos mas estão aguentando bem,então a cortina de pimentas pra combinar com os azulejos mais as luzinhas deram um ar alegre que eu queria.Funcionou muito bem.

Também passaram por aqui muitos outros projetos e artesanatos feitos,além de alguns papos.
O ano foi incrível, conheci virtualmente muitas pessoas especiais, e até agora pelo menos uma delas veio pro real,o que me deixa profundamente agradecida .Espero que em 2016 consiga conhecer mais e mais ,compartilhar mais ideias, inspirar mais sonhos  e ter mais conhecimento das coisas em geral.
Você que passou por aqui uma vez apenas ou me acompanha sem comentar, quero deixar meu muito obrigado. Sei que sou super simples, assim como o blog, mas tudo que trago pra cá é com muito carinho e amor.Espero que possam sentir isso,que continua sendo o mais importante pra mim.

Uma virada espetacular pra todos, vamos com ou sem superstições rumo a um 2016 mais feliz ainda!

Espero vocês ano que vem,podem aguardar!!

Abraços eufóricos,
Fernanda






segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Cozinha de decoração nova




Como é bom poder ter novidades pra contar e mostrar,eu pelo menos adoro!!Espero que vocês também porque to trazendo algumas...
Pra começar, consegui alterar as funções de algumas coisas que eu usava de um jeito e foram parar de outro.Como queria muito dar uma arrumada na cozinha, fiquei pensando e achei utilidade pra coisas que eu não estava aproveitando direito.
Número 1 = Cabideiro de madeira no quarto;


Virou porta canecas na parede da cozinha, num cantinho ao lado da geladeira.Assim ficam à mão, e na foto estão as que mais usamos.Tinha muitas mais porém resolvi trazer para empresa onde trabalho para o pessoal usar em vez de copos descartáveis.Deu muito certo,ainda bem.Ponto!

Número 2 = Caixote pequeno de frutas estava pendurado guardando xícaras de café.





Pintei de branco pois estava em preto e colei uns guardanapos de decoupagem para animar um pouco. Ele serve como bandeja organizando facas, porta talheres em formato de patinho, guardanapos e pão.Ele fica ao lado do organizador de talheres que herdei da minha vó emprestada.Assim fica mais fácil de localizar e arrumar as coisas do dia a dia na bancada que divide a cozinha e a sala.

Número 3= Luzinhas de led que enfeitariam as árvores externas;




Achei que fariam melhor iluminando acima da pia.E não é que acertei?Desculpem a foto mas minha lente tava suja e só vi depois...

Ainda tem umas trocas e arrumações que aumentaram a utilidade dos objetos,assim como a cortina que eu fiz a bainha acima pra colocar num varão que eu já tinha. Não fiz as laterais e embaixo porque iria faltar tecido.Me precipitei nas medidas,eu acho.






    A bandeja ficava no lugar do caixote pra organizar a outra bancada.Agora ela veio pro cantinho do café na bancada oposta que dá pra área de serviço.Aqui deixo minha cafeteira, normalmente protegida pelo crochet pra não pegar tanta poeira. Na bandejinha as xícaras de cafezinho e o adoçante.Mas calma que tem açúcar,só deixo na geladeira pra não atrair insetos. Esse pote amarelo é um chá que ganhei da sogra ,de limão, parece comida de pássaro mas é bem gostoso,hehehe...




A parede em cima do fogão tinha uns quadrinhos que fiz decoupagem mas sabe como é...Além de sujarem muito eu enjoei e guardei pra alguma futura mudança novamente.
E desde que achei na internet essas figuras eu tinha amado, então peguei e colei num papelão grosso, impermeabilizei com verniz fosco em spray e coloquei fita dupla face.Bem simples.

E assim dei uma mudada no visual da cozinha que frequento muito por sinal e acho que merece minha atenção.Mais pra frente os móveis serão substituídos, pois estão pedindo aposentadoria.

Com a correria mais anormal nessa época quero já desejar um FELIZ NATAL para vocês, que tenham lindos momentos entre os seus, que é isso que precisamos.Mais encontros com os que amamos, mais tempo com eles, mais atenção com eles para depois não sentirmos tanto quando mais um ano se passar.

Antes da virada tem mais por aqui,aguardem.

Abraços fraternos,
Fernanda




quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

Um quarto mutante



Oi gente, voltei pra alegria de todos vocês,heheh.E minha ,claro!!!
Não sei se sou eu que tenho mania de enjoar das coisas, e querer mudar o que fica bem às vistas.Ou se acontece com a maioria das pessoas.Principalmente em relação à casa...Mas também só essas coisas,porque até mudar o cabelo me causa arrepios de medo.Bem assim!

O quarto do meu enteadinho é exemplo das mudanças que tenho feito praticamente ano a ano.Lá se vão pra 04 anos na casa nova e o Henry já cresceu 04 anos.Então no início procurei deixar lousa na parede, desenhos pendurados em varal , caixa de brinquedos e tudo que ele mais gostava.
Desde o ano passado começamos a notar as mudanças nos gostos, então o quarto também precisava se adaptar as novidades do dono do quarto todos finais de semana.
E mesmo ele sendo muito tímido, consegui captar algumas preferências e fui mudando aqui e ali o quartinho.Pintamos as paredes em janeiro com uma tinta anti mofo da coral perfeita,não ficou em nenhum momento mofada como antes.

Aí veio o quadro do mapa da nossa cidade que ele quis colocar acima da cama como cabeceira e consulta vira e mexe quando vamos a lugares que ele não conhece.Esse gosta de geografia de verdade, se interessa, curte falar as capitais dos países se quiserem saber.

Na mesma época resolvi colocar no quarto dele o criado mudo multi colorido que fiz com papel de presente ,cola e tintas pva. Ainda bem que ele curte vermelho que é a cor do time favorito.

Agora por último pra variar, minha sogra me deu uma arara dessas de loja. Deu pra notar que ela adora garimpar coisas pra mim né??Tudo ela pergunta se quero reaproveitar.E aí meu marido buscou de ônibus a dita cuja.Ele faz cada uma,heheh...O que seria de mim sem ele!!






Ainda não sei se vou pintar a arara que veio branca e em ótimo estado.Vou esperar pra ver se alguma ideia me ocorre.Enquanto isso a visão que se tem do quarto quando se entra é essa. A parede verde fica do lado da porta que esqueci de fotografar pra variar.


Na porta do quarto coloquei impressões coloridas relacionadas ao universo que ele curte, STAR WARS, que é algo que temos em comum porque também adoro. 
Por enquanto está assim, já doamos sua bicicleta pequena que ele não cabia mais, e alguns livros mais infantis para outras crianças aproveitarem e enchemos o quarto de gibis que ele ganhou e está devorando um a um.
Essa fase de gibi é bem boa não??

Essa semana estamos em obras ainda , fizemos uma viagem a dois no finde e por isso tudo que comecei de arte está atrasado.
HELP:
Será que alguma costureirinha pode me ajudar numa dúvida??O que estou fazendo de errado ao trocar a agulha na máquina que a mesma está ficando torta??Isso está me tirando o sono e não estou achando ajuda na internet.Se alguém puder,por favor me ajude!!

Até breve!!

Abraços ansiosos,
Fernanda

sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Um papo sobre criatividade e planejamento



Oi gente amiga,tudo bem??

Pra começar quero compartilhar uma arte que me chamou muita atenção, foi produzida por uma xará minha para ser enfeite de mesa no seu chá de panela.Eu fiquei tão encantada que ganhei uma pra  chamar de minha. Nessa mulata linda tem papel, tem tecido, tem isopor, tem palito de churrasco, tem miçanga, tem correntinha, tem renda e o principal: criatividade!! Essa criatividade movida por amor sempre me surpreende de maneira muito positiva.Me motiva, me cativa, me ganha!!
Espero que tenham gostado,eu amei num grau que nem sei explicar.Na foto que fiz ela estava na minha mesa da sala mas agora faz parte do meu cantinho de costura pra me manter inspirada.Bom né!Ai ai...


Esse ano todo venho postando coisas de minha autoria, feitas em sua maioria pra minha casinha.Não tenho formação em nenhuma arte mas admiro e meto a mão pra fazer quase tudo e isso me enche.Me preenche, me deixa imensamente feliz.O mínimo que eu espero é que você do outro lado se sinta bem, te faça bem. Afinal o meu intuito em escrever e postar aqui é esse, tentar inspirar e motivar.
E sinceramente mesmo não tenho milhões de visualizações e comentários, não me importo.Não me chateio.Se uma ou duas pessoas que lerem tiverem a pulga mordida com a vontade de fazer algo, já me basta.De verdade.
Eu tentei mesmo, planejar os posts, melhorar as fotos mas ainda está bem longe de ficar como eu gostaria, como eu adoro.Mas nem por isso deixarei de tentar.Enquanto eu tiver fôlego estarei colocando a mão na massa. 
Não havia planejado uma obra em casa, mas, de uma hora pra outra estou no meio de material de construção e tudo mais.Então além de trabalhar fora, cuidar da casa, marido, filhos peludos tenho que não surtar com a sujeira que vem com a colocação de basalto na frente da minha casa.
As vezes é isso, não conseguimos executar o que planejamos, e o que planejamos não sai do papel,mas não dá pra desanimar, o importante é seguirmos sempre em frente.É quase natal, quase festas de final de ano e não da pra ser quase feliz.
Vamos em frente que o ano ainda tem mais a nos proporcionar ,ensinar e motivar.

Então era isso por agora gente, e assim que der trarei o móbile que fiz para um bebê que vai nascer e nem presenteei a mãe dele ainda.Por isso vou aguentar e segurar um pouco mais ,mas prometo mostrar.

Até mais !!!

 Abraços ,
Fernanda

terça-feira, 24 de novembro de 2015

Transformando mesinha em criado mudo



Oi gente!!

Já voltei para contar que estou a mil produzindo várias artes em casa,deixando mais bonito meu doce lar.E com isso o blog vai ganhar bastante postagens pois vou mostrando tudo por aqui,claro.
Não sei  qual a preferência de vocês mas eu sei que amo qualquer projeto que envolva mão na massa.Seja pintura, seja costura ou reuso de objetos.Então se vocês são do meu time, vêm comigo!
Minha sogrinha não me esquece nunca. Agora ela me mandou uns móveis que eram de um senhor que trabalhava num escritório no prédio dela.Aí recrutou meu marido pra buscar tudo.Ela me comentou sobre uns bancos apenas...
Aí chegaram dois bancos enooooormes e mais uma mesinha.Eita!!Desse jeito vou ter que me mudar pois vai faltar espaço pra armazenar tudo que ela acha que eu vou querer,hehehe...
De tudo a mesinha foi minha preferida e no mesmo dia já dei um bom trato para ficar apresentável.

Vamos ao passo 1: Lixar bem o móvel para tirar todos resíduos e arranhados;


Passo 2:  Limpar bem o móvel com pano úmido para retirar toda poeira que ficou;





Passo 3: Pintei a parte de cima do tampo com branco e as laterais de  cinza escuro;




Passo 4 eu esqueci de tirar a foto colando o tecido,que falha...Achei que ficaria mais bonito que pintando,então escolhi o mesmo tecido que tinha usado no quarto antes.




E assim a mesinha que não teria muita utilidade virou meu criado mudo no quarto com carinha totalmente diferente do que chegou aqui,pelada e sem graça.
Aí vocês vão me perguntar o que aconteceu com as gavetinhas que usava...Tiveram que sair pois estão com cupim e então vou ter que desmontá-las.



E assim termina mais uma arte que me deixou bem satisfeita em olhar pro meu quarto e me enxergar nele.É bem bom!

Em breve volto com mais inspirações para vocês.

Abraços efusivos,
Fernanda

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Encontro de blogueiras na feira




Preciso contar para vocês que tive o prazer de conhecer dois mundo dos sonhos  semana passada.
Um a blogueira querida que conheci através deste blog, que é uma artesã daquelas de mão cheia. A Naya, do Nayart's que é aqui de Porto Alegre. Ela me apresentou pra segundo sonho que foi a feira de artesanato que acontece no Shopping Barra Sul,no centro de eventos.
Pra mim foi uma noite incrível pois além de tirar do virtual nossa amizade, a Naya me ajudou a conhecer esse paraíso do artesanato que eu até então não fazia ideia que existia.Muitos expositores daqui do estado e de fora, pra nossa alegria.
O único ponto negativo da feira foi o horário, pois acabamos indo depois do horário que eu trabalho, e não sabíamos que a feira fecha as 20h. Achamos que ia até 22h.
Isso fez a gente perder a aula de pintura no estande da Acrilex.Uma pena.


Uma fotinho nossa, a esquerda a Naya, e a outra cara de bolacha : EUUUU!!





Nas fotos o ingresso e  as coisas que comprei na feira em estandes de pessoas maravilhosas que tiram dúvidas,dão detalhes das suas artes e tem muita inspiração nas paredes para colocarmos a mão  na massa.
Eu fiquei encantada e saí muito feliz pois gastei bem pouco em relação ao que imaginava.Tudo bem que não passei por todos expositores,mas acho que o valor foi compensatório.Não achei nada caro.
Queria que tivesse uma dessas todo mês, assim a gente também se encontrava mais né Naya??

Volto em breve com mais artes feita na minha casinha, aguardem!!

Abraços amigos ,
Fernanda

segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Um passo a passo molezinha



Oi gente amiga,tudo bem por aí???

Aqui muita felicidade em conseguir realizar pequenos projetinhos que estavam de lado, e reformulando aos poucos minha cozinha.
Ainda faltam uns dois ou três detalhes pra ficar como queria,mas não estou achando em conta as luzinhas de led que quero pra colocar em cima da pia.Assim que encontrar a preço camarada,aí sim.
Enquanto isso fiz um lixinho muito meigo,mas já explico o porquê. (tá certo gente?)
Como estou aprendendo a costurar sozinha, imaginem o quanto tem de linha pra cá e pra lá que não consigo reutilizar??Pois então.Meu canto tão inspirador não tinha um lixo pra eu juntar os trapinhos.
Aí lembrei de umas latas guardadas e achei que ficaria ótimo,afinal não precisa ser grande.E aos poucos vou colocando no lixo seco de coleta seletiva.

Vamos a lata amiga que todo mundo já viu por aqui...Cerveja de 1l Faxe.


Pra não correr o risco de me machucar,passei fita crepe na borda da lata pra proteger.Duas voltas ficou bom.






Umas doses de tinta spray vermelha e alguns respingos mais tarde...


Claro que tinha que ter firula, uns desenhos de cerejinhas que combinam com vermelho, só esqueci de fotografar a colagem.Colei com cola branca normal, e passei spray em verniz fosco por cima.
Agora tá pronta pra ser minha lixeirinha coletora de fiozinhos e retalhinhos,ohhhh!!
Não dava pra tudo a minha volta ser fofo e a lixeira não,não combinaria com o cantinho.E por falar no cantinho, trarei novidades.Me inspirei mais um pouco e mudei algumas coisas,mostro a seguir.

Pra fechar queria contar que comprei umas coisinhas de uma linha que eu achei tão colorido, deu vontade de colecionar tudo.Pote porta mantimentos, copo e pano de prato.Vê se não tem amor nesse colorido todo??Me contagiou!



Andei tão preocupada em produzir conteúdo mão na massa que é disso que o blog trata, que me cobrei demais e os últimos posts não ficaram como eu gostaria.Então cheguei a conclusão que não vou mais me pressionar em postar para não ficar parado.Tem bastante coisa legal pra eu mostrar ainda, só vou esperar sentir a inspiração pra ser agradável e por que não adorável né??

Fico por aqui desejando um semana próspera e tranquila a todos!!
Até breve!!

Abraços coloridos,
Fernanda

quarta-feira, 11 de novembro de 2015

Contando peripécias




Oiii gente amiga, bonita e boa de gingado!!!

Como muitos de vocês já sabem, o blog se iniciou do meu amor por projetos únicos feitos a mão com base em ideias , compilados da net e até mesmo visto em casas alheias.Essa minha paixão ficou tão grande que expandi pra uma tela de computador depois de ouvir tantas e inúmeras vezes : porque tu não mostra as coisas que tu faz num blog??
Aí desenrolou tudo.Comecei a postar sobre as artes que apronto em casa e como desejo tenho entreter e embelezar a vida de cada um que vem aqui atrás de novidades.
Além de claro me inspirar em tantos outros blogueiros que colocam a mão na massa e mostram seus cafofos, suas ideias e obras primas.Isso tudo junto deixa a cabeça fervilhando mas o tempo para colocar em prática é outro.
Valorizo muito cada minuto que tenho com os meus, na minha casinha, nos momentos de descontração leve.Até mesmo no trabalho onde observo e aprendo o que posso diariamente.Isso tudo toma tempo, me deixa sempre com uma ponta de desapontamento comigo mesma.Brabo isso.
Queria ter feito mais, ter terminado isso, ter feito aquilo e por aí vai a lista interminável.
Mas a que conclusão que chego??Nunca vai haver tempo de sobra pra ter tudo feitinho como quero onde e quando quero.Preciso assentar as ideias e esperar quando a chance pintar, para atracar e fazer de porto seguro o projeto da vez.
Agora estou num clima mágico aprendendo a costurar e super satisfeita com o rumo que estou tomando.Um dia quem sabe venho contar que fiz minha primeira peça de roupa??
Sonhos estão aí para serem transformados em realidade,basta força de vontade que chego lá.
Enquanto não, queria muito deixar uma imagem de um dos meus dois filhos amados de 04 patas na estreia de sua casa nova.Sim, lá em casa eles são meus bens mais preciosos, meus amores, quem me espera no portão todo dia com chuva ou sol pra me receber com toda alegria do mundo.Quem tem em casa esses bichinhos iluminados sabe muito bem do que estou falando.
Nesse domingo dei banho nos dois, sequei, troquei de casa, limpei tudo e arrumei para eles ficarem bem a vontade felizes como tem que ser.Eles se amam tanto que dormem junto desde sempre.Fiquei moída com farofa no final do dia mas com sorriso largo ao ver a adaptação deles no novo lar.


De quebra meu palet que foi o começo de tudo, onde meti a mão na massa pela primeira vez e senti o chamado pra esse mundo espetacular do artesanato. Ganhei essas florzinhas que coloquei nas minhas garrafas xodós mas nem sei o nome.São bem pequenas e branquinhas.Delicadas e duram!!




Aqui as florzinhas num jarro de vidro em cima da mesa, dá pra ver como são minúsculas né! Eu achei um amor.Flor sempre alegra o ambiente, eu pelo menos adoro.

Então era isso que tinha que contar por aqui.Espero que tenham paciência quando demoro pra voltar mas tenham certeza que sempre voltarei.Esse pedaço de mim é importante e vai se manter enquanto eu tiver tempo.

Muiitos abraços floridos,
Fernanda

terça-feira, 3 de novembro de 2015

Meu canto de costura e a estreia




Tem coisas que só existem em função de outras,concordam??Uma máquina de costura sem um local apropriado para usá-la por exemplo.Não tem como.Acaba que a gente guarda a máquina e não usa.Várias pessoas de testemunha aí né!
Mas eu não enxergava minha máquina sem um cantinho lindo para eu usá-la com gosto e sem medo.
Aí nasceu esse  cantinho ainda não terminado mas já com muitos detalhes e amor.Sem mais trela segue as fotos do espaço que pintei e reformulei pra ser meu canto de costura.





Então peguei a escrivaninha em desuso pois ninguém mais usa pc nessa casa, trouxe pro canto do quarto que inclusive pintei a parede demarcando o espaço.A tinta é a mesma que tinha pintado nossa parede de cabeceira. Aí juntei todas coisas que tenho para fazer artesanato e fui aos poucos reorganizando.




Peguei um jeans,recortei em formato de coração, costurei a mão uns bolsos pra pendurar algumas coisas, no momento estão as canetas de tecido e coloquei no cabide. Ainda tenho que ver porque um lado das luzinhas não acendeu,espero que consiga arrumar.




Gostei tanto dessa frase, tinha guardado pra um dia quem sabe quando tivesse minha máquina...Aí fiz a moldura com tecido e usei fita dupla face pra prender.


No canto muito amor, a lata com canetas e canetinhas existe desde 1994 com recortes de ídolos da época encapada com contact transparente.O vidro com tecido na tampa tem muitos botões que herdei da Adiles, nos outros potes de vidro coloquei retalhos de tecidos e linhas coloridas.Na latinha encapada com papel de presente coloquei minhas tesouras de costura.E ainda tenho uma fita métrica que ganhei e o origami feito pela minha linda afilhada pendurado.

O quadrinho eu pintei de vermelho fosco mas parece laranja né. Escrevi as letras no papelão e colei tecido por cima, pra combinar .Precisava ver a parede recheada de lindezas, se não não teria a menor graça costurar ali.





Já mudei o que tinha dentro da minha prateleira/gaiola, coloquei um caixotinho que tinha feito e um manequim desses que se colocam bijus.Acho que combinaram com a máquina que nunca funcionou e que  pintei de vermelho também.Parece que fica retrô,não?




E aqui,terminando de costurar na máquina minha capa de almofada que estava toda se abrindo,coitada.Também tinha costurado a mão,e são 03 tecidos diferentes.Vocês não tem noção da felicidade quando consegui finalizar.Ainda tortinho, ainda meio sem as técnicas,mas já com um projeto finalizado.

Espero que tenham curtido meu cantinho,nele mora minha felicidade no momento.
Volto logo pra mostrar as mudanças da minha cozinha.Aguardem que não serão somente costurices viu!!

Abraços festivos e satisfeitos,
Fernanda




segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Um cabideiro e histórias de uma aprendiz de costura



Oiii povo !!!

Sempre que começamos alguma coisa é super empolgante e emocionante.Tudo é novidade, tudo é divertido.Ainda mais quando queremos tanto aprender!!
Mas apesar de brigar muito com minha máquina inicialmente, começo a entender o funcionamento e assim que pegar o manual com minha sogra aposto que tudo vai clarear mais ainda!!
Enquanto isso fui a luta pra arrumar tudo e ter meu canto pra poder costurar e tudo mais.
Eram muitas trocas de móveis, arrumações, limpezas e até mesmo pintura.Pois é, decidi que tinha que demarcar o meu novo canto de costura com a tinta que já havia pintado uma parede no meu quarto(bege claro).
A cor dele é verde no geral, e isso me deixou apreensiva pois deixa mais escuro que o normal o ambiente.Então vamos de tinta clara mesmo!!

Então foi muito tempo arrumando,limpando,trocando tudo de lugar que quase não sobrou pras minhas pendências artísticas!
Consegui terminar o cabideiro que fiz pro quarto do meu enteadinho, bem simples mas os ganchinhos que eu tinha pintado ficaram muito feios.Mesmo lixando e pintando com tinta spray, ficou péssimo!!
Então resolvi usar na cor natural mesmo.
O material eu tinha todo em casa, porta retrato antigo que pintei; ganchinhos, mapas antigos retirados de agendas velhas.
Ah, cola branca normal também.
Segue em fotinhos o projetinho bem básico, rápido e fácil, espero que vocês gostem!





Pintei de azul o porta retrato  pra combinar com o mapa já que os ganchinhos iam ser em vermelho...




Sou gremista mas meu marido e enteadinho são colorados, fazer o que...é minha sina,heheh.Desconsiderem minha foto levemente torta,não aprendo nunca a mirar...tsc tsc tsc!


Como não quis furar a parede, coloquei a fita forte da 3M e pendurei próximo a cama dele.Perto do quadro do mapa de PORTO ALEGRE que ele tem de cabeceira.
Menos uma coisa a ficar solta pelo quarto, agora os bonés tem seu  lugar bem a mão.

Quanto ao meu cantinho novo, assim que terminar de decorar a parede e organizar os apetrechos mostro detalhadamente.Serão muitas novidades num super post com mil fotos,podem ir se preparando.To mais contente do que imaginava,uma coisa simples mas que facilitou meu dia a dia e finais de semana onde costumo criar e fazer meus artesanatos.

Vem coisa boa por aí, aguardem!!

Abraços cansados mas realizados,
Fernanda

terça-feira, 20 de outubro de 2015

Quando a gente gosta a gente aprende




Sabe aquela pessoa que não consegue disfarçar o que está sentindo ou pensando??A cara denuncia???
Pois então,sou eu.Pro bem e pro mal não sei esconder minhas emoções e acabo deixando transparecer meus sentimentos só no olhar e expressões faciais.
Então quando não gosto de algo fica até constrangedor né, mas as pessoas vão entendendo que é meu jeito taurino de ser,e me amam ou odeiam.
Pois então, isso tudo pra contar que ganhei uma máquina de costura da minha sogra, posso até já ter mencionado anteriormente, mas agora posso dizer que é oficial.
A sogra me ensinou a colocar as linhas na máquina, regular os pontos e iniciar o processo de costura.
Isso tudo me deixou imensamente feliz e ainda bem pois sempre tem aquela coisa, sogra e nora...Não se bicam, não se dão bem e etc,heheh...Mas acho que depois das últimas demonstrações da minha posso ao menos achar que ela me quer muito bem.
Antes de continuar a contar minha saga, sente que máquina eu to treinando:


Não consegui evitar a emoção quando consegui costurar sozinha, e tirei a foto sem nem dar conta de toda bagunça de fundo.Desculpa aê!!
Fiz alguns testes e agora estou empolgada em costurar uma cortina simples pro meu armário da cozinha.Acredito que quando a gente gosta de alguma coisa, faz o possível pra ela se transformar em realidade.Eu nunca tive ninguém me ensinando a costurar e agora vou aprender .Se tiver que ser sozinha,será. Me sinto capaz e o coração pula na boca quando penso quanta coisa posso fazer mais rapidamente e com melhor qualidade,nossa!!

Continuando a novela que comecei lá em cima, eu ganhei também da sogra a máquina de escrever antiga dela.Não soube me precisar quanto tempo ela tem, mas pretendo levar no senhor que vi na tv aqui de POA que ainda conserta essas máquinas.Ele vai saber me dizer melhor o que preciso.
E antes de morrer de amores porque ela tem fita ainda e é completamente manual, a querida tá precisando de um carinho.Depois de ser lubrificada e devidamente inspecionada to pensando seriamente em pintar a belezura com outra cor.O vermelhinho dela tá bem borocoxô...





E por incrível que pareça ela ainda tem a maleta para guardar e carregar mais facilmente para onde quiser levar a fantasia das palavras digitadas nessa belezinha.Eu aprendi a digitar numa máquina eletrônica mas confesso que sou mais que fã dessas manuais.Parece que são mais especiais, as letras saem com mais cor, amor...

Bem , enquanto estou na fase de aprender a costurar na marra , os meus outros projetos vão ficando em segundo plano,mas não foram esquecidos.Ainda tenho mais floreira pra mostrar, tenho cabideiro quase pronto pro quarto do meu enteado, tem cortina pro armário da cozinha...
É muita coisa e só dois bracinhos pra executar nas horas vagas,então...demora mesmo.
Mas precisava vir aqui contar as novidades, meu bloguinho me dá a motivação que preciso pra colorir sempre meu cantinho com tudo que o artesanato pode nos proporcionar.

Então me aguardemmmm!!

Abraços felizes e empolgados,
Fernanda







terça-feira, 13 de outubro de 2015

Pitadas de amor



Oi pessoas!!!

Quem acompanha as notícias deve ter visto que a chuva tem castigado e muito meu estado RS. E no feriado não foi diferente, a chuva praticamente não deu trégua.
Muita notícia triste e ruim vem com os alagamentos e tudo mais, espero que essa realidade mude.Não sei como, mas ainda tenho esperança.
Em função disso, ficou bem difícil colocar em prática minhas ideias que estão planejadas e inicialmente seriam executadas nos dias de folga.
Mas como não consigo parar quieta, o que deu pra fazer, iniciar, eu fiz.Dentro do possível pois a cola não secava de jeito nenhum...A tinta demorou mais que o normal pra secar...
Se não fosse teimosa como sou tinha deixado tudo pra depois, mas não seria eu, então na finaleira de ontem, o último dia de folga consegui finalizar um projeto ao menos,eeeeeeee!!
Já contei aqui que tive passarinhos resgatados e quando eles se foram, ficaram as gaiolas.Não gosto de nenhum bicho preso, então sabia que jamais utilizaria minhas gaiolas.E eis que me deu vontade de transformá-las em floreiras.Acho que até fotografei o início do processo,cortando a parte frontal com alicate.Mas não sei o que fiz,provavelmente deletei sem querer, portanto me desculpem.
Tinha limpado bem com pano úmido, e pintei com tinta spray cobre, que eu adoro pra tudo que é projeto...Assim como minha amiga Lívia do blog Decorar é Preciso. Sou fã dessa cor.Tudo fica mais bonito.
Então voi lá, segue como ficou a primeira floreira já finalizada e fixada no pátio dos fundos:






Coloquei uma das minhas suculentas que adoram 'cair' pra fora dos vasinhos, e uma chaleira feita de latinha por um artista desses de rua...Comprei no dia do meu aniversário,achei BEM legal.
Desconsiderem o quebradinho em cima da gaiola,como é de madeira fininha, me excedi na força na hora de cortar a parte frontal e ficou assim...Faz de conta que é de desgaste,heheh...

To coçando pra terminar os outros projetos que precisavam de tempo seco, mas o finde rendeu pra comprar mais coisas pra casa,sei que a crise está aqui mas se depender esperar ela passar pra fazermos as coisas...Já viram!
Então em vez de reformular a cozinha vamos ao banheiro que tá precisando de um carinho especial.
Marido que topa minhas mudanças concordou com a função e em breve postarei o antes e o depois de como ficou o nosso banheiro amado.
Ir nessas lojas de construções são um desafio difícil, sempre saímos com mais coisas que existiam na lista inicialmente,ooo coisa séria.Mas juro que tudo eram coisas necessárias.Querem ver??





Tudo coisas para serem usadas em breve, e as tintas que eu queria pros projetinhos em andamento.Quando forem pro lugar eu mostro direitinho, a prateleira e o porta escovas.
Tirei no quarto do meu enteado,em cima do móvel que armazena os livros dentro de um caixotinho.

Estava com saudade daqui,de vocês!Espero que o tempo colabore pois aí em breve metralharei de posts finalizados.Não vejo a hora.

Uma ótima semana curtinha pra todos!!

Abraços esperançosos,
Fernanda
 

terça-feira, 29 de setembro de 2015

Autoestima? Trabalhamos...



Oiiiessss!!

Como podem perceber a pessoa gosta de um papo né...E quando não trago nenhum passo a passo ou cantinho da minha casinha, trago minhas histórias e opiniões para dividir com vocês.
Espero que me tolerem e até dialoguem também.
De uns tempos pra cá tenho seguido algumas páginas nas redes sociais sobre gordofobia e feminismo.Até porque começo a entender os preconceitos de forma mais ampla,porque sentir na pele já sinto quase a vida toda,afinal sou totalmente fora dos padrões da sociedade,acima do peso.Gorda.
Isso muitas vezes desencadeia uma série de eventos dentro da gente que desperta pensamentos negativos,visões deturpadas de nós mesmos.Afinal esses padrões existem há séculos não é mesmo?!
 Se aceitar é o passo principal para muitos problemas que nós criamos.
Não dá pra ser feliz sem sentir amor próprio.É papo clichê, mas é a real.
Eu mesma fiquei muito tempo presa me sentindo inferior em vários sentidos a quase todas as pessoas ao meu redor.A fulana é mais inteligente, é mais bonita, é mais legal,é mais bem sucedida...Sou inferior e não saía do ciclo vicioso.
Isso foi me consumindo demais, até que parei e decidi que precisava abrir os olhos e me enxergar direito.Não era possível todos a minha volta enxergassem uma Fernanda que eu não conhecia.Mas um dia consegui ver e percebi que tinha a tal autoestima.Me aceitar fora dos padrões ainda é batalha diária, mas pelo menos não me frustro mais.Foi duro,foi.Ainda é de certa forma mas com menor intensidade, com outro foco.Mudei minhas perspectivas.Como?
Não fico mais nervosa procurando uma roupa que sirva, não me culpo por ter comido um pão ou massa a noite, não me discrimino porque tenho que comprar  em lojas plus size.Parece bem simples,mas chegar até aqui custou bocado de encaradas no espelhos e repreensões internas difíceis.
Por que o que a gente faz nunca é tão legal, quanto ao que a outra pessoa fez??Não dá pra deixar esses pensamentos nos dominarem.Não temos que ser iguais a ninguém.Todos podemos e devemos ser diferentes, e mesmo assim convivermos em sociedade.Mas porque esse peso nos persegue?
O meu exercício é diário e procuro enxergar um lado bom, positivo em tudo que faço, para que o oposto não ganhe terreno e eu perca o que já conquistei até aqui.
Não sou boa com metas, prefiro trabalhar com o que é palpável, (será por isso que acabei no financeiro?) por isso quero consertar todos conceitos que eu carrego e considero ruins.
Pretendo abrir os olhos mais e mais para enxergar a beleza de ser quem eu sou sem precisar dar nenhum tipo de desculpa ou explicação.Aí sim poderei dizer que minha auto estima está bem,obrigada.Está onde deveria estar e tudo se encaixa.
Prazer, essa sou eu em constante construção.
Ser melhor deveria ser a nossa única meta de vida,sempre.Olhar pra nós mesmos, analisarmos nosso ponto de vista, o que sentimos a respeito e aí melhorar o que puder.O impossível não é palpável para os que acreditam,não é mesmo??
Se não acreditarmos em nós , quem vai??
Um degrau atingido, vamos aos próximos!!!E assim por diante.



Abraços amáveis,
Fernanda


segunda-feira, 21 de setembro de 2015

E quando não dá certo??




Oii pessoas!!

Tenho dedicado uma parte do meu final de semana para colocar a mão na massa em casa, em projetos que tenho rabiscados e ideias que vi na blogosfera e acreditei que seriam legal executar.
Porém de uns tempos pra cá me peguei meio descontente.
Esse blog só existe porque eu ficava todo santo dia contando com os posts novos de blogs que eu considero incríveis.E aí quando não tinha nada novo por algum tempo,murchava.Afinal é dali que eu me alimentava.Agora que estou também do outro lado sei como leva tempo, dedicação e vontade de trazer conteúdos interessantes pra cá.Ainda mais sendo um blog totalmente autoral.

Como me deparei com mais um projeto que me deixou insatisfeita pensei em dividir com vocês esse lado também, quando não dá certo.
Um tempo atrás vi projetos simples com latas de sardinha e atum que me encantaram.Aí usei de porta vela no meu niver de boteco, que mostrei aqui no blog Meu niver de boteco . Desde então fiquei matutando pra transformá-las um pouco melhor,cheguei a repintar duas vezes!!! E nada, não gostei.
Deixei de lado.
Como se não bastasse isso, também executei mais dois projetos que eu imaginei que ficariam muito legais. Pra meu desapontamento, um não ficou nem perto do que idealizei e o outro está tipo, num limbo. Porque não consigo visualizar utilidade pro dito cujo.
Fico me perguntando, adianta eu transformar se não consigo encontrar nova utilidade? Apenas pra ficar mais bonito não me satisfaz.Não é meu propósito.
Não sei se acontece ou aconteceu com vocês isso também, mas se sim, sentiram esse desânimo?
Nesses momentos penso que a criatividade me abandonou e parece não querer retornar. 
Mas não me darei por vencida, um deles já retomarei, com nova roupagem digamos, aí sim vai ficar legal. Enquanto isso não acontece, vou viajar pelos blogs alheios e ver se encontro um pingo de inspiração que seja pra retomar o que não curti com a roupagem atual.
Por falar nisso , to amando as minhas garrafinhas, apaga o giz com a chuva mas elas continuam lindas servindo de vasinhos pra flores do meu jardim.Esse preto fosco me ganhou!!Orquídeas e dália ao meio.


Espero que a semana traga muitas coisas boas em formas variadas e cores espetaculares a todos aí!

Abraços,
Fernanda

terça-feira, 15 de setembro de 2015

Quadrinhos e mais quadrinhos




Oi gente , como estão???

Hoje teremos uma linda exposição, digna de galeria de arte!!
Duvidaram??Ah mas se fui eu quem fiz os quadros tenho que dar valor né,hehehehe...
Bom, faz um tempinho que venho colorindo as paredes lá de casa e a maior culpada disso é essa bendita blogosfera que me inspira a cada post com cores e desenhos.Quadros de tudo que é jeito!
Então eu como boa metida a artesã, resolvi criar minha galeria com diversos elementos.Vamos ver?

O primeiro a aparecer por aqui iria para edição de um post anterior sobre uma certa novela...Porque teve tanto drama,desistências,alterações e como ficou completamente diferente achei melhor dar uma nova chance pro coitado. Eis que surge no meu quarto a versão reciclável nível médio.Não achei fácil fazer as flores de papel higiênico não, muito detalhe e regrinha.






Reconheceram o danado??Tirei o tecido vermelho de fundo, coloquei um papel de presente que eu achei divino e ainda colei umas folhas secas que tinha ganho da sogra.Aí achei que ia combinar na parede lateral do quarto.Está fazendo companhia pra uma imagem que peguei na net e é linda. (Se souberem os créditos, podem avisar que coloco aqui) 



Visão da entrada do meu quarto, como ficaram os quadrinhos bem ao lado da janela.
Agora vamos pro segundo quadro que é em mdf, pintei e colei um tecido que tem tudo a ver onde ele vai morar.












A casinha com tecido de cup cakes no seu devido lugar, na cozinha, sendo útil e sendo porta trecos em vez de porta chaves.Não considerem meu paninho de prato todo errado, não sou boa em detalhes pras fotos!




Reaproveitando novamente a tábua que ja existia encapadinha, fiz um bolso com o mesmo tecido de pimentas e preguei atrás para poder receber utensílios pesados.Na foto meu amassador de batata e o abridor de latas moderninho que marido comprou.




Paredinha devidamente enfeitada com quadrinhos alegres e temáticos,heheh...Uma parte da reformulação está feita.Uma parede a menos pra me preocupar! 




Esse quadro eu já tinha em verde, então retirei as letras com cola em relevo , lixei bastante e resolvi pintar de cinza.Como não tinha a tinta, misturei o preto e o branco , tcharan! Resolvido.Duas demãos depois, resolvi usar minhas lantejoulas espelhadas pra escrever e o resultado ficou meio infantil....
Era pra ter um coração e uma casinha, mas como faço a mão livre nem sempre fica perfeitinho.
Esse ficou na área da entrada da casa, entre a janela do quarto do meu enteado e a porta principal.



Esse é o último quadrinho e vou confessar, o meu favorito no momento.Não sei se foi a combinação, só sei que achei que o conjunto todo ficou um amor.Era uma tábua de madeira antiga que ganhei pensando em reutilizar.Colei um tecido amarelo poá,  num bolsinho jeans colei uma flor de feltro, reaproveitei um coração de tecido e um bolso de calça que é todo trabalhado em mini lantejoulas douradas.Minha cara,fala, vai!! O lugar dele é pra ser na área da rua nos fundos pra colocar minhas pazinhas de mexer no jardim.Mas gostei tanto que estou repensando o local e por isso não pendurei ainda.
Espero que tenham curtido a maratona de quadrinhos que produzi no finde e me deixaram mais satisfeita ainda com as paredes lá da minha casinha.Fiquem bem à vontade pra votar no preferido de vocês  e darem dicas, vou adorar.
Até a próxima arte!!

             Abraços variados,
              Fernanda


Cadê o medo da mudança que tava aqui?

Oi gente amiga!! Sabe que faz tempo que tenho muitas coisas pra contar e acabo adiando,esperando me inspirar mais e os dias vão ind...