terça-feira, 28 de abril de 2015

Mais de mim




Oi gente do bem!!

Não sei se com vocês acontece o mesmo, mas na semana que completamos mais um ano, de tudo acontece.Caem no colo mil coisas pra resolver e aí parece que o mundo está correndo contra nós.
Eu me senti assim e fiquei meio barata tonta pra lá e pra cá...
Mesmo com tudo isso,no finde passado consegui terminar alguns projetos que estavam pela metade.
Estou bem animada com essas mudancinhas pois são elas que me tornam essa apaixonada pelo artesanato manual como eu sou.
Quem acompanha o blog lá do início sabe que tenho uma postagem mostrando como essa caixinha era utilizada até então.Resolvi aposentar ela na função de bandeja porta trecos da cozinha.
Na foto segue ela na antiga função a qual cumpriu bravamente,hehehe





Então pensei até cansar no que faria pra ele ainda ser utilizado,qual seria a melhor maneira de reaproveitá-lo.Eis que me deu um estalo quando vi minhas novas xícaras precisando de um lugar pra morar na cozinha.
Pintei o caixote por dentro de preto fosco em tinta spray da Renner , e por fora dei uma diminuída no tom amarelo passando pra um amarelo fraquinho,quase salmão.




Faltava um tchan para o caixote aí sim ter uma cara legal que combinasse com os adesivos novos da cozinha.Lá catei os adesivos que sobraram e fiz uma graça com eles,acho que deu um ar mais descontraído.




Caixa / prateleira renovada agora tinha que pendurar.Usei dois parafusos pra prender no armário aéreo e nas laterais fita dupla face forte.Aí sorrisão reinou,adorei a improvisação.





Minhas xícaras novas já tem moradia e eu posso usá-las mais,pois se fica dentro do armário,nem lembro que existem.Sou dessas que esquece o que tem quando não ficam a mão,fuen fuen fuen...

Essa semana tem feriado e pretendo atualizar o blog mais de perto,terá umas artes bacanas que fiz e quero compartilhar com vocês.

Até mais!!

Abração,
Fernanda





quinta-feira, 23 de abril de 2015

O antigo visto com novos olhos



Oiii pessoas!!

Dia desses assistindo um programa muito legal do canal HISTORY, "Caçadores de Relíquias" fiquei pensando que quando mais nova eu não dava a mínima aos objetos e coisas antigas.
Achava que simplesmente eram velhas e não me chamavam atenção.Aí eu fui ficando mais velha, fui criando gosto de cuidar da casa,isso quando me separei aos 27 anos e fui morar sozinha.
Aluguei um apartamento e depois uma casinha que era bem,mas beeeeemmmm pequenininha mas notei que a partir dessa minha fase sozinha eu quis ter um lar mais diferenciado.Antes quando casei aos 20 eu não ligava para decoração, cuidados.Só fazia o básico e decorava a estante com fotografias e objetos que vieram de viagens.
Não desmereço nada essa fase da minha vida,mas analiso que eu não tinha esse carinho,essa vontade de deixar tudo mais bonito.Não me importava.
Quando sozinha não,coloquei meu sentido e gosto em tudo.Que cor queria de cortina,de tapete e até de plantas eu comecei a gostar!
Logo eu que achava que as plantas só davam trabalho.Que horror de pensamento....mas eu era assim.
Minha mãe as vezes comenta ainda hoje,nossa,tu se mudou pra uma casa simples,pequena,não tinha muita luz do sol e mesmo assim fazia de tudo pra deixar a casa com cara de lar,aconchegante.
E é verdade,a partir dessa fase até me casar de novo aos quase 33 anos fui desenvolvendo gosto pelo antigo,por coisas que eu me identifico,que contam histórias.E assim a cada dia tenho novos olhos pros objetos : olhos vivos e interessados.
Tenho um casal de compadres que são amigos desde meus 14 anos e me acompanham em todas essas fases da minha vida,graças a Deus e me encheram de felicidade quando tiveram uma menininha linda e meiga que hoje tem 11 anos e é minha afilhada.Desde sempre meu compadre teve bom  gosto pras coisas da casa deles.Não subestimando minha comadre que faz um baita crochet.Mas desde esculpir pedras e criar fontes de água, ele tem olhos pro antigo como ninguém.
Dia desses na casa deles pedi licença pra fotografar apenas duas coisas (mas tem muitas outras) que me chamaram atenção e amei.
Uma delas é essa coisa linda de lanterna antiga, quem conhece lampião aí...Pois olha que linda ela ficou nessa madeira:


E ela é vintage, ou seja,é velha mesmo,não foi produzida agora nem nada.É do tempo que as pessoas iluminavam suas casas e locais públicos assim.Não tinha luz elétrica em toda parte,e até hoje por incrível que pareça,ainda não tem.Essa cor dela combinou totalmente com a parede de madeira escura da casa.Show!

Outra peça que virou uma obra de arte na minha opinião, é uma garrafa enorme e antigona de uma vinícola que fechou e não usa mais esse tipo e tamanho.Achei magnífico o toque do trabalhado do cordão.


Juro que é o maior garrafão de vinho que já vi na vida,nunca tinha visto nem na internet!!E achei o máximo o tratamento com o cordão,ficou um arraso!!!
Olha ali embaixo o crochet da comadre fazendo bonito também!!Casal unido esse,até nas artes!!
Espero que eles ainda deixem mostrar mais porque tem sim,muito mais.E aproveitando, agradeço deixarem postar esses pedacinhos de beleza do lar de vocês.

Até a próxima arte!!

Abraços,
 Fernanda

segunda-feira, 20 de abril de 2015

Constante mutação



Oi gente,

Estou de volta no meio do olho do furacão como dizem,heheh...Muita coisa a terminar e outras ainda por começar.
Pra mim também é uma época de pensar e muito na vida.Daqui uma semana completo 36 anos.E com certeza bem vividos.
Só que com o número a mais,vem uma carga de muitas coisas junto.Coisas que eu nem sabia que me incomodavam mas vieram a superfície do nada.Saudade de pessoas que já não estão mais aqui nesse plano,enfim...
Muita gente julga que entramos no inferno astral,não sei se já ouviram essa expressão.Eu concordo em partes com essa afirmação, pois a cada ano noto que fico mais introspectiva nessa fase, analiso muito mais as coisas que acontecem ao redor.Dou mais valor pra quem me procura, demonstra interesse e convenhamos, em tempos que o 'tempo' é o nosso bem mais precioso, um telefonema que seja pra saber da gente, já nos estufa o peito e enche o coração de alegria não concorda??
Meus pensamentos essa semana estão bem interligados a esses sentimentos,me deixando profundamente insatisfeita com alguns pontos que pretendo melhorar.Sempre.
Afinal nunca estamos prontos,assim como a casa da gente que nunca está pronta por completo.Sempre há o que melhorar,aperfeiçoar,deixar mais bonito e fazer melhor.
Muito me cobrei até recentemente sobre várias questões de convívio,mas vivendo e aprendendo, devemos fazer o que o coração manda.
E nesse clima espero compreender mais as pessoas,eu mesma e ter muito mais anos para aprender sobre tudo dessa vida.
Pra dar uma cor a esse post de hoje,um projetinho do finde para inspirar a semana.Bem basicão,sente:


Como já tinha feito anteriormente imprimi as letras do meu nome e do maridão mais o 'e' comercial e usei de molde para  cortar o papelão e tecido.
Tudo bem simples,utilizei sobras de papelão de caixas de presente e sapato e cortei com estilete bem afiado.Colei o tecido escolhido com cola universal e prendi na parede com fita dupla face.


Os outros quadros estavam esperando ir pra parede em definitivo, comprei os adesivos da 3M e as impressões fiz em papel couche, a primeira do blog maravilhoso Homens da casa e a segunda da internet mas não lembro da onde(se souberem me avise). Nossa série eternamente preferida,Dexter.
Acho que ficou legal,é a parede de entrada logo quando se pisa na porta da nossa casinha.


Lembram do outro quadrinho que fiz,pois então,agora tem mais companhia pra ele nessa parede.
Acho que tem espaço pra mais coisa,e já to me coçando pra aumentar os companheiros logo logo.

Como não estou de feriadão, me resta usar a terça pra terminar mais umas coisas que estão em andamento e curtir um dia atípico cheia de animação.Quem vem junto nesse clima??

Muitos abraços,
Fernanda



quinta-feira, 16 de abril de 2015

Tomando gosto




Eis que me pego cada vez mais empolgada e dedicada quanto tudo que diz respeito ao blog.Até porque ele só existe pela inspiração de outras pessoas que blogam e se dedicam a ensinar e inspirar muitos tipos de arte.
É tanta coisa ainda para aprender,para absorver, que as vezes fico nervosa porque quero mais é passar adiante tudo da mesma maneira que enxergo e sinto.Mas vamos lá,quem sabe estou chegando mais perto e nem sei???
Hoje além de colocar pra fora uns pensamentos e desejos como sempre, quero mostrar um projeto bem simples. Acontece que a simplicidade é a melhor coisa que tem pois tudo tem um começo,um meio e um fim.Um propósito!
Um tempo atrás postei aqui sobre meu armário da lavanderia/área de serviço interna construído com os caixotes que meu marido e eu fomos catando aqui e ali.
Eles servem de armário e como tem muita coisa misturada por se tratar de coisas para lavanderia, feira, artigos para limpeza de carro, comida dos pássaros que acolhemos da rua,sacolas recicláveis e mais um bando de miudezas fica uma missão impossível deixar tudo sempre em ordem.
Inevitável no dia a dia bagunçar e tudo virar uma zona...Eis que surgiu no meu caminho umas caixas de papelão e um estalo me deu: cabe direitinho nos caixotes e vai me ajudar a organizar melhor tudo.





Para melhor acabamento depois de cortar as bordas coloquei fita crepe e ainda fiz um tipo de abertura para enxergar o que vai la dentro. :)


Fiquei em dúvida se encapava  uma igual a outra,mas como os próprios caixotes tem papéis diferentes por dentro, as caixas poderiam seguir nesse rumo e serem coloridas, divertidas...
Uma encapei com um papel que eu amei comprado na Americanas da minha cidade e a outra fiquei matutando...De tanto ver minha amiga blogueira Nayart's  postar suas pinturas lindas  me emocionei e tentei fazer algumas coisas,heheh...Tentei porque não tenho o dom dela!!
Mas pintei cada lado da caixa de um jeito diferente que me veio na hora.As cores confesso que eram as que eu tinha em casa para pequenos projetos.



Sintam o esboço de um desenho a mão livre que eu adorava fazer nos meus tempos de escola...Depois foi pintar misturando cores com tintas pva de artesanato mesmo.






Aí com as belezinhas prontas ajeitei o canto da bagunça da minha área de serviço interna que fica atrás da porta dos fundos.
Para chocar e morrer de vergonha olhem como estava o pandemônio....






Com os retoques das belas caixas e algum tempo de arrumação depois eis que as coisas deram uma mudança no visual do cantão e achei que melhorou bastante.
Tem muita coisa pra fazer,arrumar, mas ainda nos falta espaço então tenho que improvisar sem gastar muito e dar um toque meu pra tudo ter um brilho a mais.





Isso que me motiva,sempre ter algo a melhorar,mudar e dar mais cor,alegria e brilho.Quem me conhece sabe como eu amo um brilho,hahahah...
Mas isso é assunto pra outro post.

Agradeço de coração as visitas de todos,em especial dos blogs queridos que conheci e me inspiraram desde sempre.

Até o próximo projeto,ou seja a próxima diversão!!!

Abraços,
Fernanda


domingo, 12 de abril de 2015

Receita de amarula caseira




Oi pessoas!!


Como estão as coisas por aí??Muitos projetinhos fervilhando ou ideias arquivadas na cuca??
Bom,seja qual for a resposta, espero que o próximo passo seja inspirador e deixe um sorriso leve no seu rosto.
Passei o final de semana viajando e revendo um lado da família que levo tempo para visitar por morar em outra cidade um tanto distante da minha.Mas é sempre bom poder matar a saudade, confraternizar e viver bons momentos ao lado dos nossos.
Inesperadamente aprendi uma receitinha bem facinha de uma bebida que eu adoro e é um drink bem gostoso e preciso compartilhar.
Se pra você não é novidade, parabéns, mas se você é como eu e não conhecia...vai adorar!!
Claro que a bebida original tem ingredientes beeeem diferentes já que veio da África,mas convenhamos que um drink docinho sempre tem seus encantos....heheh!!
Sem mais enrosco vamos a receitinha que aprendi e passo adiante para os amantes de um drink fácil e gostoso.

Vamos precisar de :

  • conhaque ;
  • leite condensado;
  • nescau;
  • creme de leite
Começamos com 3 colheres de sopa de leite condensado misturando bem com 2 colheres de sopa de nescau e então uma colher de sopa de creme de leite.Mistura-se bem mesmo para os ingredientes se fundirem bem e não deixar bolinhas do nescau.Adicione o conhaque aos poucos em mais ou menos 3 colheres de sopa e continue mexendo até tudo ficar bem difundido numa mistura cremosa.
Essa quantidade de conhaque pode ser aumentada de acordo com o gosto,pra mais forte ou não.
Essas medidas seriam para uma dose e para mais,só ir aumentando as quantidades ou fazer por partes, para que sempre fique bem leve .
Para que fique mais deliciosa deixe na geladeira por meia hora,mas se não quiser esperar coloque uma pedra ou duas de gelo e tcharammm.
Drink fácil com cheiro e gosto idêntico ao da famosa e saborosa AMARULA.Pode apostar,não vai se arrepender.Eu que sou uma fã número 1 aprovei e assino embaixo.Na falta da original essa receitinha vale e muuuito em substituição.


 Da cor, à textura e gosto,se parece e engana bem viu...Teste e me conte o que achou.

Tem muuita coisa inacabada para postar mas durante a semana farei um esforço para atualizar como gostaria e deixar vocês por dentro de tudo.

Uma excelente semana à todos!!

Abraço,
Fernanda


quarta-feira, 8 de abril de 2015

Meu passo a passo




Tudo na vida gira em torno da nossa bendita organização.Em todos campos precisamos desse tino para termos por base onde começarmos e até mesmo terminarmos.
E para  organizar precisamos e muito de dedicação.Afinal é assim que conseguimos determinar como iniciar qualquer projeto e até mesmo buscar inspiração.
Sempre que possível espio os meus blogs favoritos para ver o que há de novidade,o que posso aprender e o que tem a ver com meu gosto.
Assim inicio as minhas escolhas para projetos futuros e ideias para colocar em andamento.Pego a teoria e faço anotações  em qualquer pedaço de papel que eu tenha a mão.Até porque é bom economizar as árvores do nosso planeta.Depois eu passo a limpo as anotações numa agenda antiga só pra isso.Tem muitas e muitas coisas feitas e várias que não deram certo.Tudo vai sendo riscado com ok ou com observações de erros ou de 'não gostei'. Acontece e muito,acreditem.
Analiso o que posso mudar  ao meu modo , e o que preciso ter em mãos para executar.Costumo ter bastante coisa  em casa pois fui comprando aqui e ali várias coisas em lojas de artesanato e juntei tudo num cantinho do armário da sala.
Não temos um espaço de sobra por enquanto, então me viro do jeito que dá pra guardar e poder colocar as mãos na massa.Normalmente toco tudo em cima da mesa de jantar mesmo na hora da execução.

Nem tudo é fácil de desenvolver ou combina conosco,aí aborto a missão e descarto sem dó nem piedade.Vai pro lixo seco.Guardo somente o que dá pra reaproveitar.
Para inspiração as vezes procuro pensar nos elementos que possuo e o que ficaria legal, até porque eu acho bem bacana transformar alguma coisa que já existe em outra totalmente diferente e as vezes mais útil até.

Aí sempre entra a velha e boa organização.Por tipo, por espaço, por preferência e assim por diante.
Isso mantém a cabeça aberta e com melhor visualização de um projeto, com cada caixinha ou pasta contendo o material a ser utilizado, tudo separadinho fica mil vezes melhor de trabalhar.
Na prática então as coisas saem do papel e vão tomando a forma que imaginamos na maioria das vezes,ok, e isso vai dando aquela satisfação.Da teoria pra prática e surge uma nova decoração, uma nova peça, um novo pedaço de felicidade pra rechear o nosso dia.É viciante,de verdade!!!
Essa semana li e vi repercutir muito sobre um projeto de faça você mesmo coletivo que me fez parar e pensar nesses passos que me levam a outra dimensão.Super inspirada em participar ,vejamos se dá tempo!Já nasce mais uma vontade de ter algo diferente inspirado por pessoas que sentem isso como eu.É um mundo  paralelo mas que só traz coisas boas,acreditem.Isso acontece e na maioria das vezes a inspiração é natural e se transforma em desejos realizáveis e palpáveis.
Todas essas observações são o que eu pratico,o que eu faço para estar sempre envolvida em algum projeto ,a maioria pessoal pro meu doce lar.Minha terapia também precisa ser organizada, sacaram??Tudo em prol de facilitar a vida e tornar um lugar mais bonito de se ver e viver.
E por aí  vai,mil ideias e planos anotados nessa agenda pra colocar em prática, errar, acertar, amar,detestar  e aprender sempre mais e mais.Isso realmente não tem valor para quem sente a energia boa correndo.
Sou prova viva dessa afirmação com muito gosto.

Me despeço hoje bem contente em ter muita coisa ainda a realizar, assim sempre estarei em constante criação e felicidade colocando a mão na massa!!

Aquele abraço inspirador,
Fernanda


sábado, 4 de abril de 2015

Tapa no visual



Oi gente!!!

As semanas estão bem atribuladas e com isso o tempo se torna um objeto valioso que escorre das mãos antes que eu possa me dar conta.
Nossa vida é assim, sempre tentando fazer muitas coisas e o tempo se esvaindo sem deixar muita alternativa.
Mas sempre é possível conseguir administrar melhor se a gente se organizar.A premissa é verdadeira, quando nos organizamos tudo flui melhor  e o tempo passa a trabalhar junto conosco e não contra.
Fatiar os períodos do dia e deixar sempre um pedaço para curtir sem nada de compromisso pra fazer é o que eu tento fazer.Afinal tem a casa sempre esperando um toque aqui e ali.
No meu caso eu trabalho fora de segunda à sexta em horário comercial e sou casada.Tenho 02 filhos de quatro patas peludos que eu amo enlouquecidamente e faço de tudo pra dar atenção.Se a gente tem a responsabilidade de criá-los tem que ter pelo menos a decência de dar a melhor vida que eles possam desejar ter.
Sendo assim meu tempo está sempre correndo desde que acordo super cedo até a hora que deito na cama pra descansar.Mas eu ainda sou daquelas que precisa dormir no mínimo umas 6h por noite e é difícil ficar acordada até muito tarde,meu corpo tem seu limite.E respeito isso.
Agora o que eu queria dizer também além de tudo isso, é que dentro do que  consigo fazer, estou sempre adequando as coisas que tenho em casa para que agradem aos meus olhos.Tenho um problema em enjoar de algumas coisas mais rapidamente que o normal,ou quem sabe é assim mesmo,não há padrão afinal a casa é minha...
Bem,dentro disso eu faço alterações constantes em quadrinhos, porta retratos e objetos que contam a minha história e estão em várias partes da casa.
Tenho uma inquietação constante que  vem de estar sempre lendo e me enchendo de inspiração com os blogs e arteirices que vejo ao redor.Então isso me deixa sempre com vontade de colocar a mão na massa e fazer as devidas alterações.
Recentemente comprei um cabideiro de madeira desses bem simples, e acabei pintando com uma tinta cobre em spray da Renner para combinar com um novo pôster que eu imprimi.E como eu tinha visto a novidade em um blog bem legal, Apartamentoterapia sobre colar os pôsters com as famosas etiquetas autocolantes, quis logo experimentar na minha parede.Escolhi o cantinho e lá fui eu renovar.O quadrinho que estava ali já algum tempo me enjoou.



Temos um cabideiro de pé que está sempre cheio e com isso escondendo os cintos do marido.Achei que separando ia ser mais funcional e acho que acertei. Daí depois coloquei em prática o que vi no blog que curti e aí sim ficou como eu queria.









Aos poucos vou colocando os objetos para pendurar no cabideiro.Mas o tchan é o pôster pequeno colado com as etiquetas douradas.Diga-se de passagem eu curti pacas essa ideia.E amei reproduzir no cantinho da parede do nosso quarto.
Esses tapinhas eu considero muito importantes pois são a essência do meu lar, o que o torna mais aconchegante e lindo aos meus olhos.
Ah e desculpaê quem se ofendeu com o palavrão.Um bom final de semana pra vocês , aproveitem todo tempo que puderem pra curtir a família e a casa que é a alma de tudo.




Aquele abraço,
                                               Fernanda





Cadê o medo da mudança que tava aqui?

Oi gente amiga!! Sabe que faz tempo que tenho muitas coisas pra contar e acabo adiando,esperando me inspirar mais e os dias vão ind...