quinta-feira, 28 de maio de 2015

Cozinha para menores




Eu sei que envolve mil e uma coisas deixar uma criança de 05,06 anos sozinha na cozinha.Mas e se ela tiver um talento para cozinhar?E mais ainda, se ela conseguir se destacar e cozinhar melhor que muito marmanjo por aí??
Estou numa fase incrivelmente apaixonada pelo JUNIOR MASTERCHEF EUA.São crianças de 08 a 12 anos cozinhando pratos inacreditáveis e deslumbrantes.Tenho mais uma dezena de adjetivos e elogios ao menos pois quem assiste sabe bem do que eu estou falando.
Tem toda uma estrutura, jurados renomados no país que produz o programa mas não dá é pra tirar de jeito algum todo mérito dessas criaturinhas magníficas que me deixam a cada programa de queixo mais e mais caído.
Como pode ter tanto conhecimento em tão pouco tamanho??Bom, já deu pra notar que fiquei mega fã.Aquelas que descobre sem querer, e começa a acompanhar e ver todas temporadas ao mesmo tempo, sim, sou eu.
Peguei o bonde andando e sentei com muito gosto na janela pra admirar cada criança cozinhando, cada prato que eu nunca ouvi falar e muita coisa que aprendi sem a menor pretensão de realizar igual.
Os chefs que julgam o andamento dos pratos e a evolução de cada um dos participantes são bem integrados, sendo que um é conhecido por sua acidez com os adultos e vem da Inglaterra.O mais famoso, GORDON RAMSAY. Pra quem ja conhecia ele dos outros realities ficou impressionada como ele tem tato e até jeito pra lidar com as crianças,sendo elas capazes ou não de aturar tanta pressão. Ele dá o tom do programa e faz com que os pequenos fiquem mais e mais maravilhados com esse universo da culinária.Afinal o cara tem vários restaurantes nos EUA e INGLATERRA.
Curto muito quando ele fica estupefato com o prato e diz que ficou melhor que muito adulto.Torço o tempo todo quando é a vez dele julgar. A filha dele inclusive aparece num episódio para uma das provas da competição.Sim, a parte ruim do programa é que é uma competição.Então significa que muitos tem seus sonhos ali acabados ao saírem eliminados .Me parte o coração, alguns são tão jovens, tão mimosos.Confesso que na maioria das vezes choro.Me julguem,sem problemas.
O jurado mais ponderado e nem tão temido JOE BASTIANCHI é um grande executivo  nos EUA e até agora pesquisando não descobri porque ele está na banca.Só li em alguma matéria que esse foi o último programa que ele participou, de 2015.Está de saída.Particularmente acho ele meio duro mas como direi, justo e honesto em suas opiniões.A careca dele atrai e muito os pequenos.
O último e mais simpático dos jurados é o ex-gordinho GRAHAM ELLIOT. Um chef dos EUA que passou por uma duríssima redução do estômago e de uma temporada para outra deu um salto na redução do peso inacreditável.Esse é com certeza o mais carismático e positivo jurado da bancada e coloca muito amor em suas críticas sempre construtivas.
O trio em geral decide as rodadas afastado das crianças concorrendo e imagino o quanto seja difícil equilibrar todos sentimentos na hora de decidir quem fica e quem sai.São crianças afinal! E todas com talentos nunca antes vistos.Falo e me abismo porque até o presente momento não conheço uma criança na faixa etária do programa que faça sequer um ovo frito.Muito, acho eu pelo protecionismo dos pais, afinal para deixar uma criança na cozinha e dar liberdade  precisa de muita compreensão e paciência, além de atenção. Tem que dar apoio e acima de tudo garantir sua segurança.E claro,normalmente nos nossos lares é muito difícil conseguir ter uma estrutura adequada em 100% para confiar que nada de ruim vai acontecer.
No programa até acontecem mas em pequena escala, cortes,queimaduras e abrasões já que os pequenos se puxam cortando e escamando peixes, assando carnes, fazendo tortas e uma infinidade de comidas fantásticas só idealizadas em grandes restaurantes ou filme da tv mas faz parte do todo.
Sei que o post ficou enorme mas precisava dividir com vocês essa minha paixão e admiração por essas miniaturas de gênios da cozinha que eu nunca sequer imaginava que existiam.
Todos que participaram são campeões pra mim.Arrasaram e merecem ser bajulados por suas famílias. To pensando em deixar meu enteado cozinhar algo pra gente no final de semana,hehehe...
Com vocês abaixo as fotinhos dos campeões das três edições e os jurados do programa que assistimos no canal TLC mas que é produzido pela FOX.







De cima pra baixo, Alexander, Logan e Nathan.Os grandes vencedores que se destacaram entre o restante com belos pratos e uma criatividade fora de série.Até agora nenhuma menina saiu vencedora, uma pena pois eu vi várias que tinham capacidade mas não arriscaram.Bem diferente dos meninos.Todos muito inteligentes e queridos.Os mais humildes acabaram vencendo os mais confiantes.E todos ganharam pra sempre meu coração!
Vale a pena a experiência, várias vezes o programa me inspirou na hora de fazer a janta(dentro da minha insignificância,claro,hehe).
Espero que gostem, e quem tiver mais informação ou quer corrigir alguma daqui,à vontade.

Abraços culinários,
Fernanda


terça-feira, 26 de maio de 2015

Evolução da horta e suculentas



Oi pessoas do bem!!!

Muito tem se visto e se falado em plantas né...Acho que cada vez mais sentimos a necessidade de estar em contato com a natureza.Eu mesma fui morar no interior de minha cidade praticamente,hehehe...Tudo porque amei o verde, as praças e a árvore que tem nos fundos do meu pátio.Sim,tudo isso me motivou a investir em ter plantinhas.Comecei com as suculentas que ganhei do compadre e parece que virou febre.Me apaixonei e só queria saber de ter mais uma e mais uma...Meio que coleciono agora,não posso ver uma diferente que quero ter.
Aprendi e não afogá-las em muita água e sim manter cuidando se a terra está úmida ou não para só então molhar mais um pouco.Depois vem minhas arvorezinhas e canteiro com roseira e tudo mais.
Tenho o maior prazer em chegar no finde e mexer na terra,em cuidar ,trocar de vaso, enfeitar e deixar tudo mais alegre.
Segue fotinho do meu pallet que já apareceu por aqui, agora com outras mudas e vasinhos,espero que curtam:


 São 06 tipos de suculentas diferentes só no pallet mais a que está na parede que também é considerada um tipo. Ainda prometo estudar os nomes para explicar uma a uma.Aqui tem reutilização de várias coisas, taça, caneco, vidro, pet...Tudo pra deixar mais bonito esse espaço que eu adoro.
Não são vasos lindos como da Vero do http://alemdaruaatelier.com.br/ ou da Naya do http://nayarts4.blogspot.com.br/ mas um dia chego lá gurias!! 
Dentro do assunto 'verde' quero mostrar pra vocês a evolução da minha horta gente.Tá ficando bem linda,nem acredito!Ainda não usei adubo mas já mudei de lugar a floreira com a salsa e cebolinha.
Lembram como estavam no início???



Esse antes tá bem 'deprê', confesso.Mas o depois que é o atual lugar delas e arrumei mais um pouquinho no finde  me deixou bem orgulhosa. Separei a salsa e coloquei as cebolinhas em um pote que não estava usando,ficava lá atirado no armário. Coloquei suspenso por enquanto mas preciso arrumar pois as correntinhas estão tortas. Deem uma olhada na minha querida hortinha agora:


Na foto da direita,de cima pra baixo : Salsinha, Cebolinha. Floreira verde: Orégano e Manjericão. Na floreira preta manjerona.No meio muitos frufrus e algumas suculentas que eu quase nem amo.
Então,me diz se não estou cuidando direitinho??Estão crescendo e se distribuindo melhor,e olha que uso suas folhas direto.
Algo me diz que se tudo der certo, até a primavera terei mais temperos pra fazer companhia a esses.
No canteiro ainda tenho hortelã mas como não sou chegada e ela se espalhou feito mato, pulei a pobre coitada.

Aqui aquela suculenta que ganhei e está se separando em várias.Já coloquei num vasinho simples desses de plástico mas que tratei de pintar né...

Esse aqui que comprei no super tem se espalhado pra caramba, já fiz  mudinha inclusive,e tem saído florzinhas pequeninas.Me estufa o coração de tanto amor! 
Espero que tenham gostado e se tiverem alguma questão que não comentei sobre elas, só perguntar que terei prazer em responder.

Abraços verdes,
Fernanda


sábado, 23 de maio de 2015

Trazendo mais vida à parede




Para vocês terem uma leve ideia, quando mudamos para nosso doce lar há mais de três anos atrás, como a casa era novinha em folha, as paredes internas eram todas brancas.Imagina que sem graça, ah pois é.Agora imagina uma criança e dois cachorros passando a mão, as patas e rabos pela parede...
A bicicleta que bate, o móvel, a vassoura, enfim...Por mais que eu tente limpar nunca mais foi aquele branco que recebemos.Alvo e lindo.Lindo??
Bom, com o tempo e descoberta dos blogs de decoração meu gosto mudou e passei a odiar as paredes.Em seguida uma das paredes da sala pintei de cinza .Depois foi nosso quarto todinho e por último o quarto do meu enteado.
Enquanto não pintar o restante da sala só uns quadros não eram suficientes.Agora o que mais quero é encher as paredes com meu gosto, e com isso fazendo vários projetos que vi por aí.
Aos poucos vou deixando a sala com mais alegria, cor. E olha que tive que trabalhar a ideia com meu maridão.Ele sempre curte muito minhas criações pra nossa casinha.Mas aí a encher a parede ele deu uma torcida de nariz...
Até que abriu mão e comecei o processo com coisas aqui e ali.Agora vou pra parte de conclusão de um lado com mais um quadrinho que criei.De uma caixinha de papelão saiu um nicho  pro único santinho que venero lá em casa : São Francisco de Assis! Foi feito inclusive por uma amiga, muito caprichosa.Eu amo a imagem em biscuit , remete ao infantil, ao delicado...
A ideia original era abrigar o santinho no 'nicho' como enfeite no rack, mas como eu tenho um marido criativo e parceiro, vai pra parede.Que progresso!!

Ganhei essa e mais umas caixinhas da minha sogra que sempre pensa em mim quando vê algo que eu posso reaproveitar.Valeu sogrinha!!






Aqui a caixinha com o tecido escolhido para dar uma animada no projeto.Amo arabescos e esse azul me ganhou mesmo sendo retalho.A mesa fica nessa zoeira quando estou envolvida com algum projetinho.Só arrumo depois de tudo terminado,haja paciência para a baguncinha,mas como é criativa, tudo certo!




Desculpem-me a foto mas na pressa não reparei o quanto ficou tremida e escura... Aqui passei camada generosa de cola branca e deixei secar bem depois de encapar com o tecidinho fofo escolhido.
Aí colei a imagem,e fixei na parede no lugarzinho que parece esperava ansioso por ele.Um mini nicho reaproveitado de uma caixinha que vai dar mais cor a mistura de elementos que ali já vivem e convivem.


Como o biscuit é pesado colei com cola quente, e as florzinhas eu tinha comprado faz tempo e acabei achando que combinavam com o santinho. O resultado não poderia ser melhor! Parede ficando mais parecida comigo com elementos que eu gosto.
Espero que tenham curtido, pra variar algo simples mas que me faz ficar cada vez mais satisfeita com essa coisa de colocar a mão na massa.
Aproveitem o domingo, ainda dá tempo de criar ou transformar algo que deixe a sua casa mais a sua cara.

Aquele abraço,
Fernanda

quarta-feira, 20 de maio de 2015

Reaproveitando eu vou,lá vou eu...




Oi gente boa e iluminada!!

Semana vai pipocando posts como havia comentado já que  consegui no finde passado organizar o mínimo para terminar umas artes feitas do lado de cá.
Sempre bato na mesma tecla do reaproveitamento e reciclagem.Temos apenas que cuidar para não acumularmos coisas demais que nem sempre terão um final muito decente.O negócio é na medida do possível guardar já pensando no que vai se transformar.
Aí sim, direcionado o foco,a coisa anda.
Aqui andou para duas coisinhas lindas, ainda sobras do meu aniversário de boteco mês passado.
Uma é o quadrinho que transformei para escrever o 'menu' da festinha.Pensei em que frase colocar e veio a ajudinha da agenda querida onde anoto tudo.Lá estava a frase para algo a ver com minha terapia diária : cozinhar.
Então essa foi facinha, apenas apaguei o que estava escrito com pano úmido e depois escrevi de giz novamente a frase nova e coloquei na parede da cozinha pra ocupar um espaço em branco.( ! )


" O sabor da vida depende de quem a tempera. "
Ainda bem que a minha vida é bem apimentada como eu gosto!
Esse canto da parede teve um outro quadrinho que só saiu porque começou a atrapalhar o armário (E tava tortinho sim,hehe).Toda vez que abria o armário algo caía.
Dá uma olhadinha o motivo!


Confesso que me doeu guardar ele mas não tem espaço no momento.A antiga tábua de madeira foi encapada com um tecido de pimentas que eu quase nem curto,heheh...E em cima colei uma impressão que eu me identifico e muito : 'eu cuidarei do seu jantar,de você e de mim...'
Claro que tudo devidamente protegido com uma camada generosa de cola branca e spray verniz.
Ela servia para dependurar alguns objetos usados mas no fim como sempre batia a porta e caía tudo...
Melhor foi trocar e colocar a lousa quadrinho que posso mudar mais seguidamente conforme o humor.




A segunda parte do post que é sobre reaproveitar o que iria fora,  uma sacolinha de papel que veio de embalagem de um presente muito legal .A sacola é mega delicada,morri de amores pela cor e desenho.Bem frufru messsssmo!


Vai dizer que não é um legítimo doce??Bom, aí resolvi transformar numa caixinha aberta pra guardar uns trecos ;que novidade!!



Só precisei reforçar com papelão mais grosso por dentro que colei com uma cola universal e por cima a outra parte da sacolinha só pra ficar bem firme mesmo.
Assim ficou melhor pra guardar as linhas que ganhei da minha vizinha.Ela teve um surto e me deu uma sacola de linhas de crochê. As pequenas guardei na nova caixinha e as grandes vão pra sacola que tenho com minhas lãs.



Coisas simples que deixaram de ir pro lixo e estão sendo úteis.Adoro!!
Até a próxima arteirice!!

Abraços,
Fernanda

segunda-feira, 18 de maio de 2015

A expectativa real



Pessoas o finde passou com a velocidade da luz pra mim.Nem senti.Não fiz tudo que queria e ainda por cima não terminei nada do que pretendia.
Mas algumas coisas foram feitas,por isso vim aqui,tcharan!!!!
Começando queria contar minha expectativa quanto a pintar os tais desenhos da modinha.Achava que ia curtir muito e me divertir pra caramba.A real sensação é de que em vez de desopilar, me irritei.
Vi muita gente que eu curto super empolgadas.Li um post no facebook de um lado de pessoas meio que competindo pela melhor pintura,algumas inclusive trapaceando roubando o desenho de outrem e chamando de seu.Fiquei bem espantada quando li pois pra mim é apenas mais um tipo de arte, algo para relaxar e nada mais.
Então comecei bem relax e fui aos poucos vendo como é chato e porque as professoras não indicam pintar com canetinha hidrocor, fuen fuen fuen...
Bem, vou mostrar pra vocês e deixar que vocês avaliem o que acharam.A minha opinião é que parece coisa do primário e não me animei a continuar a pintar.Ainda bem que imprimi uns bem poucos.




Meu maior gasto foi de R$9,90 pelo estojo de 12 canetinhas...Mas como sempre tudo é reaproveitado...Com certeza usarei mais na frente.
Quanto a moda de pintar, passo.Não achei nada terapêutico,pelo contrário,não via a hora de me livrar como se fosse uma obrigação das mais chatas.
Nem tudo que vemos por aí serve pra gente.Bom é conhecer,é testar e descobrir o que realmente gostamos.




Agora o quebra-cabeças me deu uma nova visão do que é ter paciência e pensar como as peças se encaixam.O meu é bem pequeno, 30cm por 45 cm.O tamanho das peças ajuda bastante pois é de médio a grande ,não sei se dá pra notar na foto.
Mas garanto para vocês que é divertido e super relaxante.Levei menos de 1h mas não cuidei,confesso.Curti muito e vou ver uma moldura para usar como quadro na parede.O desenho é bem bonito e colorido como eu gosto,aliás como toda obra do ROMERO BRITTO.




Acho que vai ficar bem legal na composição que já tenho na parede.
Essa semana tenho mais a contar,voltarei,prometo.Fiz uns reaproveitamentos básicos e úteis como sempre.Quanto mais descobrirmos essa arte da reciclagem menos lixo terá no mundo.Pensem nisso.

Uma baita semana a todos!!

Abraços,
Fernanda




quarta-feira, 13 de maio de 2015

Voltando a infância






Oi gente amiga,que saudade!!!

Eu tenho esse blog porque eu amo tudo que envolve artesanato e projetos de 'faça você mesmo'. Mas como eu trabalho fora nem sempre consigo me organizar para postar com a frequência  que eu gostaria.Não é desculpa,infelizmente uma dura realidade.Tudo é questão de ter tempo!
Pois bem,estou com algumas coisinhas encaminhadas mas não parei ainda para finalizá-las, então fiquei sem um tema pra postar.É a real,não vou mentir pra vocês que vem até aqui em busca de uma novidade.
Mas assim, não estou de toda parada.Não consegui colocar a mão na massa pois era final de semana de dia das mães e mesmo eu não sendo uma,tenho a minha que faço questão de bajular e passar o maior tempo possível perto.
Dentro desse tema vi muitos blogs dando dicas de presentes para o dia das nossas rainhas e eis que um deles me chamou atenção.Não para minha mãe mas para mim.Isso mesmo,roubei a ideia para mim.Todo mundo tem comentado e postado sobre os tais livros de desenho que a gente pinta.
Isso aí,voltando a nossa velha infância está virando moda e eu fiquei curiosa.Afinal são desenhos bem interessantes que me deram vontade de pintar.
Imprimi alguns para ver se realmente me agrado da 'epidemia' ou se vai ficar na gaveta guardado.
Além disso ganhei de niver um presente que eu to mega animada pra colocar a mão na massa.
É um quebra-cabeças do ROMERO BRITTO.Eu ja tenho um quadro dele que ganhei há alguns anos do meu chefe de niver.Eu amo cores e ele é um artista que tem tudo a ver com cores.Isso me fascina.
Sigo ele no instagram e só vejo coisa linda criada e colorida por ele,me alegra o dia,acreditem.
Então essa semana pretendo montar o meu presente que não é muito grande,segue fotinho para vocês do antes.


Quando montar pretendo enquadrar e colocar na parede onde ainda tem um espacinho,heheh...
Ele bem que poderia fazer companhia pro quadro mas acho que como está a composição agora não vai ficar legal.
Estou com essas duas vontades para esta semana,pintar e montar o quebra-cabeças, vamos ver se tomo gosto ou não dessas coisas tão legais que fazíamos quando crianças.
Como sou péssima desenhista, ao menos sempre gostei de colorir,vejamos como me saio.
Essas coisas do Britto meio que viciam quem adora uma cor,nossa...

Bom,prometo dar jeito essa semana para voltar aos projetinhos estacionados e fazer tudo ficar mais bonito e divertido pra minha casinha.Aguardem notícias.

Aquele abraço,
Fernanda

quinta-feira, 7 de maio de 2015

Era uma vez um mural




Oi gente boa!

Dia desses eu vi uma ideia maravilhosa pra reutilizar meu mural metálico que estava lá largadão num canto.Muitos de vocês já devem ter visto quadrinhos em madeira com pregos.Aí se desenha ou escreve algo.Tem também umas folhas de eucatex, aquelas que são todas furadinhas e muita gente usa pra organizar a vida.Seja uma oficina,uma cozinha ou até mesmo um atelier de arte.
Eis que dessas coisas me deu vontade de tentar escrever algo com linha,ou lã no meu mural.Pena que não deu certo.Esqueci da foto só pra variar um tiquinho...
Mas assim, como os furos do meu mural são estrelinhas não ficou legal, ficou torto e a quantidade de linha não pareceu suficiente.
Abortada essa missão fiquei de novo pensando em como reaproveitar o coitado pois era muito desperdício deixar ele no canto sem uso.
Veio uma inspiração de pintar nele...Só que aí entra a parte em que sou péssima desenhista.Não sei desenhar casinha pra vocês terem uma noção, hehehe.
Eis que uma palavra talvez eu me arriscasse.
Ia tirar do word,mas no fundo não era bem isso que queria...Queria identificação.Queria aconchego nas letrinhas.Pode soar meio maluco mas eu acho letra de forma tudo muito informal, impessoal...
Então peguei eu mesma e escrevi sem desenhar antes,a mão livre mesmo e vou dizer...eu gamei.Achei que o toque meio infantil das letras, a cor e o contraste soaram como sinos de vento nos meus ouvidinhos.
Fiquei contente com o resultado mesmo estando torto e tudo mais.Eis que agora tenho uma plaquinha de mural e não mais um mural jogado às traças.




Escrevi em espanhol não para dar mais bossa ou porque odeio nosso português, longe disso...Muito longe.Meu marido tem origem uruguaia e os pais dele nasceram la.Então na minha casa o espanhol corre solto quando a família se reúne.Claro que acho bonito e mais que tudo,respeito as origens dele pois são essas coisas que nos fazem as pessoas que somos hoje.


Quem foi lá em casa no meu niver ja pode ver ele na parede (toda esburacada coitada,hehe) pois enjôo de lugar,composição e lá vamos nós....Alterar e alterar...Enquanto houver massa corrida e tinta branca,claro.Hehehehe.
É de uma simplicidade, só bastou o mural que comprei na wall street e tinta para artesanato branca fosca.Um pincel médio e vontade pra transformar.
Essas coisas que eu vejo como pequenas alegrias que trazem grandes mudanças aqui dentro.

Até a próxima arte!!

Abraços apertados,
Fernanda

segunda-feira, 4 de maio de 2015

Meu niver Boteco DIY



Não sei da onde surgiu  mas me deu muita vontade de comemorar meu niver este ano com um tema,e dentro disso fazer tudo que pudesse eu mesma.Sim,beirando a insanidade me programei,anotei tudo e um dia antes da data marcada comecei os preparativos dos comes.
Porque como se não bastasse querer alguma decoração eu queria também comes dentro do tema e com um' ar de feito em casa mesmo'. Aquele gosto de antigamente,pelo menos na minha família era assim.Tias,avós todo mundo acabava colocando a mão na massa e só vinha o bolo de fora,e olhe lá.
Para decoração eu não quis gastar e consegui ficar dentro da meta,tudo eu já tinha em casa.
Dos comes não fiz pouquíssimas coisas e dentro das que encomendei os cup cakes maravilhosos que nem deram tempo de ir pra mesa decorada.
Vou colocar as fotos abaixo e aí vocês vão ter uma ideia de tudo isso que to contando, fiz plaquinhas pros doces e pra identificar as mesas.Marido enfeitou a mesa dos descartáveis com bolachas de apoio de copo que ele coleciona,adorei.Fiz um quadrinho para o menu com um porta retrato antigo.Pintei onde ia escrever com preto fosco de artesanato e a moldura com o spray amarelo que tinha ainda.
Fiz umas bandeirinhas em formato de cervejas e coloquei meu apelido e idade escrito nelas.Como a casa não comporta fiz no pátio dos fundos,com a ajuda de São Pedro que deixou o tempo bom.Obrigadooo!!
Escrevi no meu muro com giz mesmo e peguei umas garrafinhas vazias de long necks.
Coloquei minhas mini rosas dentro com água para enfeitar as mesas e pintei umas latas de sardinha pra usar como castiçais e deixar aconchegante o pátio quando escurecesse.
Os vidros e taças que usei pra servir eram meus mesmo.
Deixei os comes prontos pela manhã,servi na hora combinada os pratos e a festa aconteceu no melhor clima possível.Muita alegria,amigos e crianças lindas correndo pelo pátio além dos meus filhos de 4 patas fazendo parte de tudo.
Um aniversário praticamente todo feito por mim inclusive o bolo.Tenho muito a aprender mas pra primeiro o recheio e sabor ficaram ótimos.Dito isso pelos convidados viu.
Chega de papo,se divirtam com as fotos!


Tudo bem simples mas com o amor maior do mundo.Nunca dá tempo de convidar todo mundo e nem teria espaço físico certamente,mas o que deu pra fazer me satisfez em gênero,grau e número.
Se quiserem tirar alguma dúvida só perguntar nos comentários que eu responderei com muito gosto.
Gostaria de agradecer meu marido em especial por ter me ajudado em tudo que pode mesmo,desde os pratos até a decoração.À minha sogra que serviu muitos pratos e recheou os cachorrinhos,e a minha amiga irmã que incomodou a mãe dela pra fazer uma pizza sensacional pra mim.Ficou deliciosa!

E assim se foi mais um ano, cercada de amor e alegrias.Obrigado a todos que compareceram e fizeram da celebração uma festa recheada de coisas boas.

Abraços calorosos,
Fernanda

Um terrário baratinho

Oi gente!! Que eu amo suculentas acho que todos aqui já sabem né...Vira e mexe ganho uma muda nova, invento um novo lugar, mudo os v...