terça-feira, 30 de junho de 2015

Era uma caixa muito engraçada...




Tudo bem com vocês pessoas do bem???

Espero que a semana esteja recheada de projetos, de afazeres e prazeres pois a vida é mais gostosa quando isso acontece.
Vai dizer, que quanto mais projetos, desejos, vontades de fazer isso ou aquilo, o tempo decorre com mais gosto??Eu sinto assim, e fico bem empolgada quando vejo que tenho objetivos meus internos a serem cumpridos na semana, no mês...Fica bem mais emocionante.
E isso também porque tudo que diz respeito a alguma coisa pra casinha da gente, dá mais ânimo pra enfrentar as diversidades e pequenos problemas que surgem.
Eu ia mostrar pra vocês alguns cantos da casa que fotografei no finde e explicar algumas modificações que fiz e estou planejando.Mas celular resolveu se rebelar e não estou conseguindo tirar as fotos dele.Assim que meu t.i particular (leia-se  marido mesmo) puder, vou pedir pra salvar as fotos no note e aí mostro aqui.
Enquanto isso não acontece, tenho uma coisinha pequena porém bem significativa pra mim.
Eu fiz uma nova capa pra uma caixinha que ganhei há séculos atrás do meu pai. Em breve resumo, o pai do meu pai, meu vô querido era marceneiro.Então meu pai aprendeu muita coisa com ele, outras na prática mesmo. Eu bem que queria que isso viesse no meu sangue. Dou minhas marteladas mas não me vejo construindo nada...AINDA. Além do curso de costureira ainda tenho na lista um de marcenaria. Mega multifacetada eu né...quem dera! Se não der pra fazer nessa vida, fica pra próxima!
Bem, me estiquei muito, vamos ao assunto do post do momento.Minha caixinha que já guardou cacarecos e nos últimos tempos é casinha pros nossos remedinhos.Ela é de madeira,só não sei o tipo.






A caixinha tem um tamanho razoável e não é de muita profundidade, mas cabe tudo arrumadinho ali dentro.Aqui a capa que estava até então, dos tempos que eu era ultra viciada em algumas séries e livros.Encapei tudo com contact transparente na época que era o máximo pra mim. Considerava uma coisa dos Deuses. Tudo era protegido com o milagroso, até meus livros amados,heheh...
Mas o tempo passou, e com isso entendam mais de 10 anos certos!!





( Desconsiderem minha régua perdida no take) Nesse momento eu to bem apaixonada por papéis de presente. Não sei o que há, mas acabo comprando nem sempre com um plano, mas quando vejo to colando pelas coisas,hehehe...
Então segui meu amor e colei nova capa na caixinha útil e relíquia de certo modo.Dou muito valor a tudo feito à mão, mais ainda quando se trata de alguém que eu conheça.


Por dentro acabei ficando com dó do que havia colado no fundo da caixa com contact transparente e ta super direitinho,então resolvi que ficaria.De recordação.
Colei um papelzinho por dentro que deu uma enrugada chata,e nem com a cola por cima diluída melhorou. Passei uma mão de cola com água para proteger melhor e ainda um pouco de verniz em spray.
Agora caixinha tá renovada e vai continuar sendo útil guardando nossos remedinhos.
Espero que tenham curtido, uma pequenina mudancinha mas que fez enoooooooorme alegria pra onde ela vai ficar.Mostro em breve, podem contar.
Boa semana pra vocês!!


Aquele abraço de urso,
                                                        Fernanda


quarta-feira, 24 de junho de 2015

Presentinho




Todo mundo adora receber presente né?!E dar, alguns tem dificuldades em escolher ,outros ficam confusos com o valor...Mas e o que é dado de coração sem intenção e data comemorativa?
Tem um valor inestimável pelo menos para mim.Penso e sinto isso.
A vida corrida e os problemas as vezes nos deixam cegos, mas se conseguirmos parar nem que seja por alguns minutos só pra pensar em todas coisas boas que temos no nosso caminho...com certeza o coração vai sorrir e se tranquilizar.
Pode parecer utopia,mas na verdade pra mim é algo que está além.É realmente enxergar as coisas com um olhar mais apurado,mais sensível até. Se você que está lendo aí consegue entender o significado disso, me deixa mais feliz.
Minha intenção com o blog é sempre tentar alegrar alguém ai do outro lado, animar, encorajar e quem sabe inspirar.Não tenho sonhos nem ilusões de que a vida é um morango,pelo contrário, por saber tudo que envolve hoje em  dia tocar alguém, que eu insisto.
Tenho muita coisa pra mostrar ainda, e espero que você curta, de verdade.Minha intenção é a melhor!
Então se lembrarmos com mais frequência em agradecer tudo que temos, as pessoas que convivemos e a nossa vida em geral, com certeza tudo vai ser menos difícil e penoso.
Depois dessas reflexões trago um mimo que eu fiz pra minha irmã e nem entreguei ainda,hehehe.
Ela se mudou recentemente e pretendo ajudar a criar um clima agradável e com mais vida ,cor , quem sabe até amor na casinha nova. Já tenho inclusive encomenda de um quadro bem colorido, então aguardem, vem algo por aí em seguidinha.
Por hoje é apenas uma almofadinha, mas que eu senti imensa alegria em costurar a mão e levar um pouco de mim pro lar dela.
Eu ainda vou aprender a costurar em máquinas, me aguardem!
Por enquanto como é na mão pra mim é algo suuuuper difícil pois odiava com todas as forças costurar quando mais nova.Como as coisas mudam,e ainda bem que pra melhor!Costuro as partes por dentro até deixar a última pra colocar o enchimento de manta acrílica e fechar com a costura simples.




Já tinha o tecido de outra arte anterior e enchimento de manta acrílica sobrando.Achei que precisava de um carinho,uma diferenciação e resolvi cortar a mão livre corações para costurar nela.
Eu acho que as cores combinaram e os corações diferenciados deram um toque a mais de alegria pra almofadinha.Espero que minha mana curta tanto quanto eu curti fazer.

E vocês, curtem almofadas pra dar um retoque no sofá amigo??Eu tenho as minhas e amo de paixão trocar vez que outra por novas. Todas costuradinhas a mão mesmo.
E a semana ainda não terminou, então vamos la aproveitar o que tem de bom que é viver.

Até o próximo post.

Abraços,
Fernanda

segunda-feira, 22 de junho de 2015

Um antes e depois animado





Oiii pessoas do bem!!

Sabe aquele final de semana que a gente consegue fazer render? Uhuuu!!! Isso aí, eu consegui milagrosamente terminar várias coisinhas que eu havia começado e prometi mostrar pra vocês.
A começar pelo criado mudo que ganhei dos meus compadres, ia pro lixo ou coisa assim. Mas eu pedi na cara dura e levei. Observem o modelo dele antes de ser desmontado e transformado.





No que vai se transformar???Bem, vejamos...Lixei bem as gavetas depois de retirar os puxadores. Deixei as gavetas prontas para pintura.Confesso que acho a pior parte,detesto!!






Pintei com a tinta da coral que havia sobrado da pintura da parede,lembram?Duas mãos depois...Alguma ideia de como vai ficar?


Então veio a parte divertida de colar um tecido que eu tinha em casa sem um fim definido.Acho que combinou perfeitamente com a cor da tinta. Fiquei bem satisfeita.Depois de colar o tecido passei uma boa mão de cola e água para deixar o tecido bem protegido.


E aí, acertaram o palpite?? Vamos à revelação:fiz a minha mini, micro estante no lugar de usá-lo como criado mudo.Depois de pintadas,com o tecido lindo preguei as gavetas,uma na outra.Foram necessários 02 pregos em cada canto pra deixar bem firme .Claro que tinha visto essa ideia na net.Aderi e curti.
 







Micro estante pronta e alegrando o canto do meu quarto que até então estava vazio e solitário. Estou ajeitando pra mostrar como ela vai ficar com os apetrechos já morando nela. Escureceu e perdi a melhor luz pra fotografar. Então prometo que mostro em seguida . Mas por agora me digam, ficou uma graça a combinação, não????
Além de ser útil posso dizer mais uma vez, fui eu que fiz! Reaproveitei, reutilizei e reformei do meu gosto. Combina com minha casa e comigo com certeza.
Como falei que o finde rendeu, essa semana terei mais umas coisinhas pra mostrar pra vocês e alegrar os dias frios de inverno que chegaram.
Uma excelente semana pra vocês!!

Aquele abraço colorido,
Fernanda

segunda-feira, 15 de junho de 2015

Pequenos toques



Tudo bem gente amiga??

O frio congelou minha vontade de colocar a mão na massa por aqui.Não sei aí na região que moram, mas quem mora aqui no sul, especificamente Rio Grande do Sul, está enfrentando uma semana de outono chuvosa inicialmente e agora gelada.
Eu acabei me perdendo no frio e preguiça, além de ser um mês repleto de aniversários de gente amiga e familiares.Então o tempo que já é curto, fica menor ainda.
Mas pra variar eu estou com alguns projetos em andamento faltando algo pra finalizar. Dramatizando: o frio não vai me deter,podem apostar,heheh...
Pra não deixar desanimar vou mostrar aqui algumas coisinhas que eu fiz em casa super simples e não teve mistério no passo a passo, mas caso tenham alguma dúvida: só perguntar!
Começando com meus bancos altos que ganhei em madeira crua da minha irmã logo que me mudei pra casinha nova. De cara me deu vontade de pintá-los de branco e colocar um tecido. Não vou mentir, antes desse tecidinho que estão vendo, tinha outro,mas foram ficando feios e desbotados então troquei.






Aqui como meus banquinhos estão, com novo recheio e tecido que comprei pela internet. Mimosos flamingos, que eu adoro!
Eles quebram um galho e tanto pois tenho uma bancada que separa a sala e a cozinha onde eles ficam e facilitam o acesso. Um dos presentes mais úteis que ganhei! 





Já esse rack se falasse, diria que morou em vários endereços diferentes sob roupas beeeem diferentes.

Diria que foi originalmente fabricado em mogno bem escuro e opaco.E que viveu bons anos nessa roupagem até se transformar em um tom de verde. Isso mesmo,um verde meio água bem clarinho.
Aí o danadinho versátil mudou de casa e donos.Se transformou em vinho.Pra combinar com uma moldura antiga de um espelho.Até que se mudou mais umas duas vezes já com a cor branca.Aí então ele se mudou de cômodos no mesmo lar.Uma tarde foi decidido onde ele moraria até sua aposentadoria (assim espero): o quarto do meu enteado.Aqui na foto antes da pintura da parede. Para dar o tom de infantil em vez de lixar e pintar tudo de novo resolvi encapar com papel contact do Ben 10 e preenchi o restante com papel para presente mesmo com as devidas demãos de cola pra proteger.
Assim ele vive até o momento guardando os jogos e apetrechos do meu enteadinho.Às vezes serve pra estudar, ou fazer os temas.

Sempre tem alguma coisinha que a gente nunca mostrou e daí vem a calhar enquanto meus projetos estão em desenvolvimento.Semana que vem mostro a transformação de um criado mudo que ganhei dos meus compadres.Comecei no finde a desmontar,limpar, e criar como eu quero que seja.

Abraços ,
Fernanda

domingo, 7 de junho de 2015

Mudança de ares




Oi pessoas do bem!!

Todos temos fases em nossas vidas em que gostamos muito de determinado tipo de música, cor ou corte de cabelo.Aí vem uma nova maré ,a gente muda e os gostos junto. Algumas vezes são pequenas e leves mudanças mas em outras é um baita giro de 180º. Eu posso me considerar super desapegada graças à Deus às coisas materiais.Talvez por isso eu mude tanto e não tenha pena em trocar elementos, roupas e acessórios da minha vida.
Normalmente eu tenho medo de grandes mudanças, de horário, rotina, trabalho...Essas coisas me deixam nervosa , chega ser controverso com certeza.
No momento aqui em casa estou com algumas coisas na mira e uma delas foi uma pequena troca de lugar.Acho que estava além de torto, fora de foco,uma mistura só...


Esse é o canto onde temos nosso 'mini' bar e a parede é diferente das outras na sala. O quadro maior é uma relíquia de família do meu marido. Todos são do Uruguai.É um quadro bem bonito em latão meio bronze,super leve. E junto estavam um quadrinho que fiz com tecido mais um com o brasão do meu estado.Nem um pouco bairrista ,eu sei,heheh....
Acho que não estava me agradando mais e resolvi mudar.Por enquanto só vou mostrar a parede. Os quadrinhos foram para outros cantos...Mais além mostro.





Esse relógio estava na outra parede do corredor e está sem pilhas , isso mesmo.Esqueço de comprar!
Mas nem faz falta até porque é mais bonito como enfeite do que como a utilidade de horas.Eu particularmente não acho muito bom de ver, até porque os ponteiros são chaves de roda.
Achei que combina mais com o canto do bar que está sempre em mudança já que bebidas vão e vem.
Uma das únicas bebidas que sempre vai aparecer é o whisky do maridão, JACK DANIELS.Família no Uruguai sabe como é,heheh...Eu ganhei uma Amarula especial que veio com uma lanterna bem legal.Preciso urgentemente achar na minha cidade as velinhas de led.Já andei por aí e nada.Se alguém souber onde vende em Porto Alegre atualmente, por misericórdia me avise nos comentários ou e-mail.
Ficarei muito grata.
Pra fechar o post hoje vou mostrar uma guirlanda bem artesanal que fiz pra minha amada irmã que se mudou pra um novo apê. Nunca tinha feito e nem tinha nada pronto.Então criei do zero.Tinha E.V.A. Tinha tecido.Tinha manta acrícilica.Tinha cola quente.Fui criando e colando.Acho que ficou bem artesanal no sentido simples mas foi feita com muito carinho.




Foi a única coisa que fiz no finde, que aliás foi muito devagar por aqui.Se abateu uma apatia em geral e nada foi muito além.Ainda bem que logo logo já tem outro chegando.

Era isso que eu tinha pra mostrar pra vocês gente amiga. Estou mexendo aqui e ali e vou mostrando aos poucos, podem deixar.

Aquele abraço,
Fernanda

terça-feira, 2 de junho de 2015

Receita de hambúrguer caseiro



Tudo bem gente amiga?

A pessoa que vos fala até pode estar sofrendo de influência sim...Mas confesso que nos últimos anos descobri uma grande paixão na culinária.Cozinhar virou mais do que obrigação.Virou acarinhar quem eu gosto.Tenho uma leve desconfiança que isso vem da minha avó paterna que sempre fazia os melhores pratos para agradar a todos que em sua casa iam para almoçar em família.Tenho um prazer imenso em cozinhar pro meu marido, de verdade.Ele deixa tudo bem mais fácil pois adora minha comida,meu tempero e até mesmo as misturas que invento moda.Sopa então, é meu parceiro em qualquer uma que eu faça!
Sexta passada resolvi que ia fazer uns hambúrgueres pra nós, tudo feito por mim,exceto o pão.Aí me puxei na elaboração das coisas que iria usar como a maionese e o tempero do guisado.O resultado foi um espetáculo, modéstia à parte, meu enteado ficou mais do que faceiro.
Vamos à receita!!!

Hambúrguer Caseiro.


Vamos precisar de pão de hambúrguer (ou o seu preferido); guisado de segunda pois precisa ter uma gordurinha, bacon, queijo lanche (o meu favorito ) , cebola normal, cebola roxa, alface, tomate, rúcula e qualquer outro condimento que você goste.
Para molhar o pão eu mesma fiz a maionese batida à mão.Temperei uma apenas com sal, uma coloquei tempero verde batido com alho e a última misturei com mostarda e catchup para virar um molho rosé.



Acima alguns dos ingredientes que utilizei , o bacon cortei em pequenos pedaços mas acho que fatiar fica melhor.Os primeiros ficaram tostadinhos demais da conta na minha opinião.
A cebola tradicional branquinha eu resolvi fritar e depois colocar um pouco de açúcar cristal para deixá-las caramelizadas.Mas nem tanto, o suficiente para deixar docinha.
Isso para quem gosta de misturar sabores,claro.
A cebola roxa tentei passar na farinha e fritar como tinha lido no blog de receitas mas confesso que o resultado ficou ruim.Não gostei.O tomate,a alface e a rúcula usei in natura bem novinhos.
O guisado deixei temperado com alho bem picado um pouco de mostarda e folhas frescas de manjerona com uma pitada de sal. Fiz os formatos de hambúrgueres no final e depois de todos ingredientes prontos e prato montado fritei os dito cujos com o queijo por cima.Eles deram uma encolhida legal, aconselho fazer beeeem grande para ficar maior.
Usei a palma da mão de medida e achei que encolheram demais.Mas no final das contas o sabor foi incrível.Ficou tudo bem caseiro e saboroso como tem que ser.
Claro que não é algo para sair fazendo toda semana,mas de vez em quando vale muito.Até porque as crianças adoram!E os adultos então...Demora deixar tudo pronto mas dá a maior satisfação no final.
Meu hambúrguer não é gourmet , longe disso, nem quero que seja, pois o que é feito pela gente dá mais sabor e prazer. 
Se atirem e depois voltem pros regimes sem traumas,hehehe...

Abração recheado,
Fernanda







Cadê o medo da mudança que tava aqui?

Oi gente amiga!! Sabe que faz tempo que tenho muitas coisas pra contar e acabo adiando,esperando me inspirar mais e os dias vão ind...